Search
  • Layup
  • Informação de bandeja sobre a NBA
Search Menu

Viva o caos! Knicks e Mavs acertam troca envolvendo Porzingis e DSJ

Kristaps Porzingis e Dennis Smith Jr. são as peças centrais de uma troca impactante entre Knicks e Mavs.
Kristaps Porzingis e Dennis Smith Jr. são as peças centrais de uma troca impactante entre Knicks e Mavs.

Como vocês devem estar cansados de saber, estamos chegando na trade deadline — final do período em que as franquias da NBA podem realizar trocas de jogadores —, que termina no dia 07/02. E a insanidade desse período, cada dia mais intensa, em especial após a notícia de que Anthony Davis deixará New Orleans, acaba de ficar pior.

Porzingis pediu as contas

Há algumas horas, nosso querido, Adrian Wojnarowski, além de Zach Lowe, Ramona Shelburne e Ian Begley, nos informaram que o jovem astro do New York Knicks, Kristaps Porzingis, havia se reunido com a direção do Knicks para questionar os rumos que a franquia tem tomado, dando a forte impressão, segundo informações, de que teria interesse em ser negociado com outra franquia.

Em seguida, Woj tuitou que os principais interessados no Letão eram o Brooklyn Nets, Los Angeles Clippers, Miami Heat, San Antonio Spurs e Toronto Raptors.

Mas, minutos depois — literalmente 8 minutos depois —, em uma reviravolta que só a NBA pode causar, o mesmo Woj, acompanhado pelo Shams Charania, informaram que Porzingis seria enviado para Dallas em uma troca envolvendo o letão e Dennis Smith Jr. e os torcedores do Knicks que já estavam roendo as unhas, certamente, tiveram um ataque cardíaco causado por desilusão.

A troca, até onde sabemos, terá a seguinte configuração:

  • New York Knicks recebe: Dennis Smith Jr., Wesley Matthews, DeAndre Jordan e, provavelmente, e duas escolhas futuras no draft (primeiro round 2021 e 2023)
  • Dallas recebe: Kristaps Porzingis, Tim Hardaway Jr., Courtney Lee, Trey Burke

Os dirigentes das franquias ainda não ligaram para a liga para informar a troca, mas pelas notícias já podemos nos antecipar e iniciar o julgamento dos GMs. Vamos ao julgamento antecipado.

A troca e suas consequências

Minha primeira impressão sobre a troca e, tenho quase certeza, também será a sua reação, é: UOOOOUU, o que tá acontecendo?! O que eu perdi? Porzingod e Luka Goat no mesmo time?

E esse choque é bem compreensível.

Para quem ainda não esqueceu, Kristaps Porzingis, que não joga desde fevereiro de 2018, quando rompeu o ligamento cruzado do joelho esquerdo, vivia a melhor temporada de sua carreira em 2017/18, tendo sido escolhido para o All-star game daquele ano, anotando médias de 22.9 pontos, 6.7 rebotes e liderava a liga em bloqueios com 2.4 tocos por jogo.

Com atuações monstruosas como contra o Indiana Pacers, o letão mantinha viva a esperança dos torcedores do Knicks de voltar aos playoffs e mostrava para a liga que poderia ser um astro na liga, ao contrário do que algumas pessoas pensavam (estou falando com você Stephen A. Smith)

Luka Doncic, estreante na NBA, já caiu nas graças dos torcedores, dos jornalistas e desse jovem que vos fala, dando claros sinais de que é um talento raro.

Com sua capacidade de criar jogadas onde parecia não haver, Doncic só não tem feito chover pelo Dallas Mavericks, estando na liderança isolada do prêmio de melhor calouro do ano e entre os mais votados para o All-star game.

Sempre que você coloca em um jogo do Mavs e Doncic está em quadra, você pode esperar algo sensacional acontecer.

Evidência 01 – Doncic consegue levar o jogo para a prorrogação com um arremesso de 3 pontos com apenas 0.6 segundos no relógio
Evidência 02 – DSJ resolve brincar de batata quente e passa a bola com menos de 2 segundos no relógio. Luka entra na brincadeira e arremessa com uma mão só.

Talvez eu tenha me animado nos elogios. Voltando ao assunto, os Mavericks conseguiram colocar no mesmo time dois jovens extremamente promissores, mas essa troca será boa ou ruim vai depender de algum fatores.

O principal fator, sem dúvida, será a saúde de Kristaps Porzingis. O ala-pivô de 2,21 m ainda não teve uma temporada livre de lesões. Na temporada de estreia perdeu 10 jogos, na temporada 2016/17 18 e atuou em apenas 48 dos 82 jogos da temporada passada e, desde fevereiro de 2018 se recupera de grave lesão no joelho.

Mas se o Porzingão da massa se mantiver saudável temos tudo para ver uma das melhores duplas da história da NBA, que, se cercada das peças corretas, tem potencial para fazer estrago na liga. Já consigo visualizar um pick n’ roll Doncic/Porzingis.

Outro fator a ser considerado na troca é se o Dallas conseguirá convencer Porzingis a permanecer na equipe no longo/médio prazo. O letão está em seu último ano de contrato de calouro, recebendo pouco mais 5 milhões de dólares nessa temporada e, na temporada 2019/2020 será um agente livre restrito, caso não estenda seu contrato.

Segundo informações, Porzingis já teria manifestado interesse em aceitar a qualify offer para a próxima temporada, no valor de 4.5 milhões de dólares, e deverá se tornar agente livre irrestrito em 2020.

E o Knicks?

Vou começar essa parte da análise com bom coração e otimismo, o que não é meu forte. Com a troca, a equipe de Nova Iorque tem a possibilidade de trazer duas super estrelas para jogar no MSG.

Mas a pergunta que fica é: quem em sã consciência vai querer jogar em uma franquia que tem sido motivo de chacota há tanto tempo e que tem um dos piores donos da NBA? Kyrie Irving? Kevin Durant?

Eu, sinceramente, duvido muito! Mas aos torcedores do Knicks só resta a fé.

Já ia esquecendo, o Knicks na troca conseguiu Dennis Smith Jr. O armador mostrou muito vigor físico em sua primeira temporada na NBA e conseguiu um video de highlights bem legal com suas enterradas ferozes.

Contudo, DSJ é muito inconsistente na criação das jogadas e, com frequência se distraí na defesa. Além disso, peca na eficiência dos arremessos e no posicionamento sem a bola nas mãos.

E isso, com certeza, fez com que Rick Carlisle, que deu as chaves do time para DSJ na temporada passada – DSJ teve 28.9% de USG% -, tomasse as chaves de volta e entregasse nas mãos de Doncic.

Tanto é que, segundo informações do Woj, o Dallas Mavericks tentava sua troca com Orlando Magic e Phoenix Suns, enquanto DSJ estava afastado com uma lesão bastante duvidosa.

Mas tudo isso é normal para um armador novato na liga, contudo, DSJ não é um jogador que me agrada, e não ache que tenha potencial para ser uma peça decisiva de um time campeão. Não sou hater e torço para que ele cale minha boca.

Quanto às demais peças envolvidas na troca, Wesley Matthews, DeAndre Jordan, são potenciais buy-outs e podem interessar franquias que disputaram os playoffs.

Não sei o que será do futuro, mas estou animado para ver!

Matérias relacionadas

Terry Rozier anota triplo-duplo na primeira partid... Em sua terceira temporada na NBA, Terry Rozier teve sua primeira oportunidade no quinteto titular do Boston Celtics (Imagem: Omar Rawlings/Getty Imag...
Nowitzki chega à marca de 50 mil minutos em derrot... Dirk Nowitzki é marcado por Milos Teodosic (Imagem: Andrew D. Bernstein/Getty Images) Por muito pouco Dirk Nowitzki não comemorou um vitória contr...
Luka Doncic dá show em vitória do Mavericks sobre ... Luka Doncic arremessa contra a marcação de Clint Capela (Cooper Neill/AP) Se alguém ainda tinha qualquer dúvida de que o Dallas Mavericks fez um e...
Troca envolvendo 3 equipes leva Courtney Lee a Cha... A experiência de Courtney Lee em playoffs pode ser valiosa para o Hornets Sem perspectivas de brigar pelo título de 2016, especialmente após a contu...

Author:

Paulista/baiano 25 anos NBA and chill