Search
  • Layup
  • Informação de bandeja sobre a NBA
Search Menu

Paul George segue em OKC por mais quatro anos recebendo o teto salarial

Paul George e Russell Westbrook se cumprimentam durante partida contra o Los Angeles Lakers em janeiro de 2018 (Imagem: Getty Images)

Paul George e Russell Westbrook se cumprimentam durante partida contra o Los Angeles Lakers em janeiro de 2018 (Imagem: Getty Images)

Nas primeiras horas da Free Agency 2018 houve o anúncio através de Adrian Wojnarowski de que Paul George havia renovado seu contrato com o Oklahoma City Thunder. Recentemente o ala tinha deixado de exercer a player option referente à temporada 2018-19 do contrato anterior e entrado no mercado de free agents. Esta atitude reforçou a suspeita de que ele estava se preparando para deixar o Thunder. Porém, aconteceu justamente o contrário.

Paul George deixou Lakers na saudade

Há mais de um ano circulava a informação de que Paul George tinha o desejo de atuar em Los Angeles. Foi justamente por isso que o Indiana Pacers preferiu negociá-lo em julho de 2017.

O Los Angeles Lakers, por sua vez, já havia mostrado interesse em contratá-lo desde antes do início da Free Agency 2017. A franquia foi até multada em US$ 500 mil pela NBA em junho daquele ano por ter praticado tampering, ou seja, por ter assediado Paul George enquanto ele ainda estava sob contrato com o Pacers.

Apesar da punição, Magic Johnson e Rob Pelinka não desistiram da ideia de contratar Paul George e tinham até preparado um vídeo para recrutá-lo agora. Além disso, o Lakers organizou a sua folha de pagamentos para conseguir receber o gordo salário de Paul George.

Contudo, a franquia não teve nem a oportunidade de conversar com o ala, que já tinha o seu futuro planejado com Sam Presti, general manager do Oklahoma City Thunder.

Novo contrato engessa ainda mais o orçamento do Thunder

Paul George receberá o teto salarial, que no seu caso é de US$ 137 milhões distribuídos em quatro temporadas, o que representa um salário médio anual de aproximadamente US$ 34 milhões.

O ala tem 28 anos de idade e este novo contrato garante vínculo com o Thunder justamente durante a fase em que os jogadores costumam viver o ápice de suas carreiras.

Estima-se que na temporada 2018-19 Paul George receberá cerca de US$ 30 milhões. O reserva Jerami Grant também teve o seu contrato renovado. Receberá US$ 27 milhões ao longo das próximas três temporadas.

Considerando-se que o teto salarial da NBA para a próxima temporada será de US$ 101,8 milhões, o orçamento do Oklahoma City Thunder ficou extremamente comprometido.

Jogador 2018-19 (US$ milhões)
Russell Westbrook titular35,5
Paul George titular30,0*
Carmelo Anthony titular28,0
Steven Adams titular24,0
Andre Roberson titular10,0
Jerami Grantreserva8,3*
Total135,8
* valores estimados pelo site Spotrac

Logo, apenas os valores pagos ao quinteto ideal do Thunder e apenas um reserva superarão em quase US$ 35 milhões o teto salarial da liga em 2018-19. Sam Presti ainda precisa encontrar uma forma de fazer caber no seu orçamento os salários de mais nove jogadores.

Um dos vários mecanismos que o executivo pode utilizar para isso é dispensar Carmelo Anthony e diluir o seu salário ao longo das próximas três temporadas em parcelas iguais. Isso faria com que o Thunder economizasse cerca de US$ 19 milhões em 2018-19, valor que seria muito bem-vindo para remunerar jogadores coadjuvantes.

Matérias relacionadas

Lakers é multado em US$ 500 mil pela NBA por asséd... Magic Johnson, presidente do Lakers, conversa com Rob Pelinka durante a Summer League 2017 (Imagem: Ethan Miller / Getty Images) Demorou um bocado...
Podcast: o campeonato paralelo, a evolução do OKC,... Podcast do Layup • Episódio 39 Neste episódio do podcast do Layup: Q1. Golden State Warriors e Cleveland Cavaliers seguem sendo os principais f...
Thunder realiza virada histórica sobre Magic e Wes... Russell Westbrook foi responsável pela metade dos pontos marcados pelo Thunder (Imagem: Gary Bassing / Getty Images) Oklahoma City Thunder e Russe...
Thunder atropela Raptors em Toronto e Westbrook an... No final do 2º período Russell Westbrook já tinha 10 assistências 12 pontos e 6 rebotes (Imagem: Vaughn Ridley / Getty Images) O Oklahoma City Thu...