Search
  • Informação de bandeja sobre a NBA
  • por Rodrigo Enge
Search Menu

Spurs derrota Rockets em jogo 5 definido na prorrogação

Kawhi Leonard (Spurs) enfrenta a marcação de James Harden (Imagem: Jesse D. Garrabrant / Getty Images)

Kawhi Leonard (Spurs) enfrenta a marcação de James Harden (Imagem: Jesse D. Garrabrant / Getty Images)

Houston Rockets e San Antonio Spurs fizeram uma das partidas mais emocionantes na história dos confrontos entre as franquias texanas. Extremamente equilibrado, o jogo 5 só foi decidido no detalhe, após uma prorrogação bastante tensa. O mandante acabou vencendo por 110 a 107, assumindo pela segunda vez a liderança da série e ficando a apenas uma vitória da classificação para as finais da Conferência Oeste contra o Golden State Warriors.




Alternância sem desequilíbrio

Gregg Popovich escalou Patty Mills como titular e não colocou nenhum outro armador de ofício em quadra durante toda a partida. O australiano bateu seu recorde pessoal de minutos em quadra (43), incluindo partidas da temporada regular.

Sua presença desde o início da partida contribuiu para que o Houston Rockets não disparasse no placar como ocorreu nos jogos 1 e 4. A maior vantagem que ambas as equipes conseguiram abrir ao longo da partida foi de apenas nove pontos. Houve 14 alternâncias na liderança do placar, que esteve empatado seis vezes.

Mills foi o segundo principal cestinha do San Antonio Spurs, com 20 pontos (FG 7/16 • 3P 5/12), atrás apenas de Kawhi Leonard (22 pts, 15 reb).

Contusão de Kawhi

Na metade do período, Kawhi Leonard pisou sem querer no pé de James Harden, torceu o tornozelo esquerdo e precisou sair de quadra. Mesmo com a temporada em risco, o ala foi poupado durante boa parte do restante da partida, inclusive toda a prorrogação, indicando que sua contusão pode ser mais séria do que uma simples torção.

Kawhi também tem sentido dores no joelho direito e recebeu tratamento fisioterapêutico na beira da quadra em alguns momentos. Sua condição física para o jogo 6 será decisiva para os rumos da série.

Ginobili e Green salvaram Spurs

Fazia muito tempo que os torcedores do San Antonio Spurs não passavam por uma situação como essa: minutos finais e eletrizantes de uma partida de playoffs sem as presenças de Tim Duncan e Tony Parker.

Mas puderam contar com Manu Ginobili (12 pts, 7 reb, 5 ast) e Danny Green, protagonistas das cestas que decidiram a vitória do Spurs. O argentino fez uma bandeja no minuto final da quarto período que empatou o placar em 101, provocando a prorrogação, e o bloqueio em James Harden no último lance da partida.

Green, que havia convertido apenas três dos oito arremessos de quadra executados até então e tinha plus/minus -8, marcou sete dos seus 16 pontos na prorrogação, um a mais do que todo o time do Rockets naquele período.

Também merecem destaque a boa partida de LaMarcus Aldridge, autor de 18 pontos e 14 rebotes, e a péssima atuação de Pau Gasol (4 pts, 5 reb). O espanhol deixou os cabelo de Gregg Popovich ainda mais brancos no final do tempo regulamentar ao deixar de fazer o corta-luz para Patty Mills, obrigando o australiano a se virar sozinho para meter uma bola de 3 pontos que acabou não valendo.

Triplo-duplo e turnovers de Harden

Mike D’Antoni só colocou sete jogadores em quadra durante toda a partida, sendo que quatro deles pontuaram em dígitos duplos: Eric Gordon (11 pts), Ryan Anderson (19 pts), Patrick Beverley (20 pts) e James Harden (33 pts).

Harden também pegou dez rebotes e fez 10 assistências, o que lhe rendeu seu primeiro triplo-duplo na pós-temporada. Mas o armador também cometeu nove turnovers, dois a mais do que todo o time adversário e três somente na prorrogação, o que comprometeu seriamente as possibilidades do Houston Rockets sair de quadra com a vitória.

O visitante também foi vítima de uma infelicidade de Eric Gordon quando faltavam 11 segundos para o final da prorrogação. Pressionado pela marcação de Patty Mills, o ala-armador perdeu o controle da bola e só a recuperou depois de um pulo-bola disputado com o próprio Mills.

Por conta deste incidente, o Rockets não conseguiu elaborar uma jogada para Harden tentar o arremesso que poderia provocar a segunda prorrogação.

#DATAHORATVVISITANTEPTSPTSMANDANTEOT
11/522:30SporTVHouston Rockets (1)12699San Antonio Spurs (0)--
23/522:30SporTVHouston Rockets (1)96121San Antonio Spurs (1)--
35/522:30ESPNSan Antonio Spurs (2)10392Houston Rockets (1)--
47/522:00SporTVSan Antonio Spurs (2)104125Houston Rockets (2)--
59/521:00ESPNHouston Rockets (2)107110San Antonio Spurs (3)1OT
611/521:00ESPNSan Antonio Spurs (4)11475Houston Rockets (2)--
Houston Rockets 2 x 3 San Antonio Spurs
error: Se quiser utilizar este conteúdo por favor entre em contato.