Search
  • Informação de bandeja sobre a NBA
  • por Rodrigo Enge
Search Menu

Rockets impõe derrota histórica ao Spurs no jogo 1

Trevor Ariza (Rockets) tenta roubar a bola de Kawhi Leonard (Spurs) • Imagem: Ronald Martinez / Getty Images

Trevor Ariza (Rockets) tenta roubar a bola de Kawhi Leonard (Spurs) • Imagem: Ronald Martinez / Getty Images

Quem estava esperando algo semelhante ao verificado nos confrontos da temporada regular entre San Antonio Spurs e Houston Rockets teve uma surpresa. Três das quatro partidas foram vencidas por apenas dois pontos de diferença. A que teve maior disparidade no placar foi vencida pelo Spurs por 106 a 100. Mas nada disso se repetiu no jogo 1 das semifinais.

O mandante anotou os primeiros pontos da partida, levou a virada logo em seguida e viu o Rockets disparar, turbinado pelas bolas de 3 pontos. As equipes foram para o intervalo com uma diferença de 30 pontos no placar (69 a 39) que só não aumentou porque ambos os técnicos colocaram seus reservas durante o garbage time.

O resultado final de 126 a 99 foi a derrota pela maior diferença de pontos já sofrida pelo Spurs em seus domínios numa partida da pós-temporada. Mas, pior do que o recorde negativo, talvez tenha sido perder a vantagem do mando de quadra.




Rockets quebrou recorde nos 3 pontos

Os arremessos de fora do perímetro foram uma arma do Houston Rockets durante toda a temporada regular e estão se mostrando extremamente úteis também nos playoffs.

Com 22 arremessos de 3 pontos em 50 tentativas (3P 44%) o time comandado por Mike D’Antoni não deu chances de reação ao Spurs e, de quebra, ainda quebrou o recorde da franquia na pós temporada.

Desde 29 de abril de 1995, numa vitória sobre o Utah Jazz, o Rockets não convertia mais bolas de 3 pontos em um jogo de playoffs (19).

Clint Capela anotou seu primeiro duplo-duplo em partidas da pós-temporada (20 pts, 13 reb), obtendo a mesma pontuação de James Harden (20 pts, 14 ast).

O cestinha do Rockets foi Trevor Ariza (23 pts), perfeito nos lances livres (FT 4/4) e com 50% de aproveitamento nos 3 pontos (3P 5/10).

Spurs irreconhecível

Aquele jogo coletivo, com boas trocas de passes, sempre encontrando o companheiro de equipe em melhores condições de pontuar, quase não deu as caras no AT&T Center. Em diversos ataques os jogadores do San Antonio Spurs queimaram ataques precipitadamente, em especial na primeira metade da partida.

O mandante converteu somente 31 arremessos de quadra, sua quinta pior marca em toda a temporada, com aproveitamento de 36,9%. Com apenas três arremessos de quadra executados a mais, o Rockets marcou 27 pontos a mais do que o Spurs.

Apesar de também estar com a mão descalibrada (FG 5/14), Kawhi Leonard foi um oásis de competência no elenco do Spurs. Marcou 21 pontos, pegou 11 rebotes e fez seis assistências.

Apenas Tony Parker (11 pts, 4 reb, 3 ast) e Jonathon Simmons (11 pts) também pontuaram em dígitos duplos. Ninguém no Spurs teve boa atuação, mas dois jogadores merecem ser apontados como destaques negativos.

Danny Green (8 pts, 2 reb, 2 stl) converteu apenas três arremessos de quadra dos dez que arriscou e cometeu quatro turnovers. LaMarcus Aldridge, autor de quatro pontos (FG 2/7) e seis rebotes, teve plus-minus de -36 em 25 minutos de quadra.

#DATAHORATVVISITANTEPTSPTSMANDANTEOT
11/522:30SporTVHouston Rockets (1)12699San Antonio Spurs (0)--
23/522:30SporTVHouston Rockets (1)96121San Antonio Spurs (1)--
35/522:30ESPNSan Antonio Spurs (2)10392Houston Rockets (1)--
47/522:00SporTVSan Antonio Spurs (2)104125Houston Rockets (2)--
59/521:00ESPNHouston Rockets (2)107110San Antonio Spurs (3)1OT
611/521:00ESPNSan Antonio Spurs (4)11475Houston Rockets (2)--
Houston Rockets 1 x 0 San Antonio Spurs

error: Se quiser utilizar este conteúdo por favor entre em contato.