Search
  • Informação de bandeja sobre a NBA
  • por Rodrigo Enge
Search Menu

Rockets fecha série contra Thunder em cinco partidas

Os amigos Westbrook (Thunder) e Harden (Rockets) tiveram péssimo desempenho nos arremessos de 3 pontos (Imagem: Layne Murdoch / Getty Images)

Os amigos Westbrook (Thunder) e Harden (Rockets) tiveram péssimo desempenho nos arremessos de 3 pontos (Imagem: Layne Murdoch / Getty Images)

Poucas vezes a disparidade entre a qualidade dos elencos esteve tão evidente quanto na última partida da série disputada entre Houston Rockets e Oklahoma City Thunder.

Enquanto James Harden se sentiu confortável em deixar com seus companheiros de equipe a responsabilidade de decidir vários ataques, Russell Westbrook sabia muito bem que não podia contar com ninguém além de si mesmo nos momentos decisivos.

E como no basquete, salvo raríssimas exceções, o coletivo fala mais alto, a franquia texana saiu de quadra com a vitória por 105 a 99 e a classificação para uma das semifinais da Conferência Oeste.

Overdose de arremessos de 3 pontos

O fato de as bolas não estarem caindo não inibiu nenhuma das equipes de continuarem arremessando de fora do perímetro. O Oklahoma City Thunder converteu 10 dos 38 chutes de 3 pontos que executou (3P 26,3%) e o Houston Rockets conseguiu ter performance ainda pior (3P 6/37 • 16,2).

Como termo de comparação, na noite anterior o Golden State Warriors converteu 17 arremessos de 3 pontos em 29 tentativas, mais que Thunder e Rockets juntos.

Quem mais arremessou de 3 pontos foi Russell Westbrook, com apenas 27,8% de aproveitamento (3P 5/18). Faltou muito pouco para o armador anotar o 4º triplo-duplo consecutivo, pois marcou 47 pontos, pegou 11 rebotes e fez 9 assistências.

James Harden não fez uma boa partida, em comparação ao que estamos acostumados a vê-lo produzir. Quase a metade dos seus 34 pontos foram originados de cobranças de lances livres (FT 16/17).

Teve aproveitamento de 32% nos arremessos de quadra (FG 8/25 • 3P 2/13), pegou 8 rebotes e distribuiu apenas 4 assistências, bem menos do que a média de 11,2 verificada na temporada regular.

Westbrook x Harden

Coadjuvantes decidiram, para o bem e para o mal

O Thunder iniciou a último quarto vencendo por 77 a 74, mas foi derrotado neste período por 33 a 22. Lou Williams marcou 12 dos seus 22 pontos na etapa final da partida e foi o jogador com maior plus/minus (+16).

Apenas James Harden pontuou mais do que Williams no 4º período, obtendo 9 de seus 13 pontos em lances livres.

Os outros principais destaques do Houston Rockets na partida foram Patrick Beverley (15 pts, 8 reb) e Nenê Hilário (14 pts, 7 reb).

Andre Roberson (3 pts) e Victor Oladipo (10 pts), titulares do Thunder, precisaram de 24 arremessos de quadra para somar apenas 13 pontos ao placar. Taj Gibson (10 pts, 8 reb), também titular, foi quem teve o maior índice plus/minus (+13) no time visitante, mas poderia ter sido mais acionado, principalmente no final da partida.

Alex Abrines e Jerami Grant, ambos com 11 pontos, foram os únicos reservas do Thunder que pontuaram.

Rockets aguarda por Spurs ou Grizzlies

Assim como o Golden State Warriors, que também já está classificado para as semifinais do Oeste, o Rockets espera para saber quem seu próximo adversário. A série entre San Antonio Spurs e Memphis Grizzlies pode terminar amanhã, dia 27/4, caso o time texano vença o jogo 6 no Tennessee.

#DATAHORATVVISITANTEPTSPTSMANDANTEOT
116/422:00ESPNOklahoma City Thunder (0)87118Houston Rockets (1)--
219/421:00ESPNOklahoma City Thunder (0)111115Houston Rockets (2)--
321/422:30ESPNHouston Rockets (2)113115Oklahoma City Thunder (1)--
423/416:30SporTVHouston Rockets (3)113109Oklahoma City Thunder (1)--
525/421:00ESPNOklahoma City Thunder (1)99105Houston Rockets (4)--
Houston Rockets 4 x 1 Oklahoma City Thunder

error: Se quiser utilizar este conteúdo por favor entre em contato.