Search
  • Informação de bandeja sobre a NBA
  • por Rodrigo Enge
Search Menu

Jason Richardson anuncia sua aposentadoria

Warriors e Suns foram as franquias que Richardson defendeu por mais tempo

Warriors e Suns foram as franquias que Richardson defendeu por mais tempo

Jason Richardson, ala-armador de 34 anos de idade, 1,98 m de altura, com 13 temporadas de experiência na NBA, anunciou ontem sua aposentadoria. Richardson havia assinado um contrato não-garantido recentemente com o Atlanta Hawks, mas desistiu de brigar por uma vaga na franquia da Georgia por conta de problemas crônicos nos joelhos e preferiu aposentar os sneakers. Na off-season de 2015 dois outros veteranos que fizeram sucesso na liga no início da década passada também já haviam decidido encerrar a carreira: Elton Brand e Shawn Marion. Ao contrário de Marion e Brand, que nitidamente estavam fazendo “hora-extra” na NBA, talvez Richardson ainda pudesse forçar a barra e estender sua jornada na liga por mais uma temporada, mas o bom senso falou mais alto.

Richardson foi contratado pelo Golden State Warriors na 5ª escolha do Draft de 2001 e defendeu franquia californiana por 6 temporadas. Foi lá onde teve maior destaque na liga, não apenas pelo bom basquete praticado (suas médias por partida no Warriors: 18,3 pontos / 5,4 rebotes / 3,2 assistências / 1,2 roubo de bola), mas por ter vencido duas edições consecutivas do Slam Dunk Contest, o campeonato de enterradas da NBA, em 2002 e 2003.

Richardson relembra suas conquistas no Slam Dunk Contest

Em 2007, na sua 6ª e última temporada no Warriors, Richardson chegou pela primeira vez aos playoffs, mas foi eliminado na 2ª rodada. No mesmo ano Richardson se transferiu para o Charlotte Bobcats, atual Hornets, onde continuou exercendo o papel de protagonista. Na temporada 2007-08 foi o líder da NBA em arremessos de 3 pontos convertidos (243) com o excelente aproveitamento de 40,6%. Apesar da ótima performance, nem mesmo naquela temporada Richardson foi eleito All Star.

Sua passagem em North Carolina foi curta, acabou logo no final de 2008, quando foi contratado pelo Phoenix Suns, que montou um supertime com Steve Nash, Shaquille O’Neal, Amar’e Stoudemire e Grant Hill, mas não chegou a lugar algum. Ficou fora dos playoffs de 2009 e em 2010, já sem O’Neal, perdeu a final da Conferência Oeste para o Los Angeles Lakers.

A partir daí a carreira de Richardson, que já chegava à casa dos 30 anos de idade, entrou em declínio. Jogou pelo Orlando Magic entre dezembro de 2010 e o final da temporada 2011-12, com desempenho bem discreto para os seus padrões. No Philadelphia 76ers, onde os problemas físicos que acabariam determinando sua aposentadoria se acentuaram bastante, Richardson disputou somente 52 partidas entre 2012 e 2015, perdendo toda temporada 2013-14 por conta de uma cirurgia.

No Instagram, Richardson agradeceu ontem as franquias pelas quais atuou e deixou claro que são problemas de saúde que estão causando sua aposentadoria. Deixou a NBA com números invejáveis na carreira (17,1 pontos / 5,0 rebotes / 2,7 assistências / 1,2 roubo de bola) e boas lembranças na memória de muitos torcedores.

error: Se quiser utilizar este conteúdo por favor entre em contato.