Search
  • Informação de bandeja sobre a NBA
  • por Rodrigo Enge
Search Menu

Grizzlies faz valer seu mando de quadra e vence primeira contra Spurs

Mike Conley (Grizzlies) foi o cestinha da partida (Imagem: Andy Lions / Getty Images)

Mike Conley (Grizzlies) foi o cestinha da partida (Imagem: Andy Lions / Getty Images)

Com 24 pontos no 3º período marcados pelo trio formado por Mike Conley, Marc Gasol e Zach Randolph o Memphis Grizzlies abriu uma diferença confortável no placar que o San Antonio Spurs não conseguiu diminuir. Com isso, o time do Tennessee venceu a primeira partida na série por 105 a 94 e deu sinais de que ainda tem condições de frustrar os planos do time comandado por Gregg Popovich.

Grizzlies interrompeu longa série de derrotas para o Spurs em playoffs

Esta é a quinta vez que Memphis Grizzlies e San Antonio Spurs se enfrentam nos playoffs, com franca vantagem do time texano. Com exceção da inesperada vitória do Grizzlies em 2011, quando eliminou o Spurs por 4 a 2 logo na 1ª rodada, a franquia texana coleciona três varridas, as duas últimas ocorridas em 2013 e 2016.




Como o Spurs já havia vencido as duas primeiras partidas nesta série, estava sem perder para o Grizzlies em playoffs há dez partidas, desde 29 de abril de 2011.

Reclamação de Fizdale surtiu algum efeito

Após a derrota para o Spurs no jogo 2, o técnico do Grizzlies atacou com veemência a arbitragem, focando suas críticas no fato de que Kawhi Leonard tinha cobrado 19 lances livres, enquanto todo o seu elenco realizou somente 15 cobranças. Levou uma multa da liga no valor de US$ 30 mil por suas declarações, mas que certamente valeu a pena, por três motivos.

Fizdale ganhou moral não somente com a torcida e os jogadores, mas no tanque cheio de tubarões que é a NBA.

Mike Conley, citado expressamente pelo técnico como alguém que merecia ser mais respeitado pela arbitragem, assumiu o compromisso em nome dos jogadores do Grizzlies de quitar a multa, que não repercutirá no bolso de Fizdale.

E, do ponto de vista prático, embora o Spurs tenha cobrado mais lances livres novamente (28 contra 20), Conley foi o jogador que mais teve faltas contra si apitadas pela arbitragem (7).

Big Three do Tennessee

Conley, Gasol e Randolph atuam lado a lado há várias temporadas e, embora o primeiro nunca tenha sido eleito All-Star, todos têm status de estrela. Não é por acaso que o armador tem o contrato mais salgado da liga (US$ 153 milhões).

Mas como o Memphis Grizzlies nunca passou das finais de conferência, o trio nunca foi tratado pela imprensa como a mesma consideração dada ao Big Three do Boston Celtics campeão em 2008, ao do Miami Heat bicampeão em 2012 e 2013 ou ao do Cleveland Cavaliers campeão em 2016.

Porém, no jogo 3, Conley (24 pts, 8 ast), Gasol (21 pts, 6 reb) e Randolph (21 pts, 8 reb) atuaram como um verdadeiro Big Three, com performances sólidas e eficientes. Todos tiveram aproveitamento superior a 50% nos arremessos de quadra e plus/minus positivo.

Melhores lances de Conley

Melhores lances de Marc Gasol

Melhores lances de Zach Randolph

Também merece destaque a atuação de Wayne Selden, calouro que até o mês passado estava disputando a D-League pelo Iowa Energy e saiu do banco de reservas para marcar 10 pontos em um jogo contra o temido San Antonio Spurs.

Noite infeliz dos armadores repercutiu na performance do Spurs

Tony Parker jogou durante quase 19 minutos e não fez um ponto sequer. Pior do que isso: também não fez nenhuma assistência. Sua única contribuição durante todo esse tempo foi apenas um rebote, o primeiro da partida, sendo que a bola caiu literalmente na sua frente.

Foi somente a 3ª vez em 216 partidas de playoffs que Parker saiu “zerado” de quadra.

Para tornar a vida de Popovich mais complicada, Patty Mills também ficou devendo. Marcou 11 pontos, é verdade, mas fez só uma assistência e teve o pior índice plus/minus da partida (-16).

Kawhi Leonard (18 pts, 4 reb, 3 ast) e LaMarcus Aldridge (16 pts, 11 reb) foram os principais cestinhas do Spurs, seguidos por Kyle Anderson (15 pts • FG 85,7%) e Jonathon Simmons (10 pts • FG 80%), jogadores que tendem a ganhar mais espaço no elenco nas próximas temporadas.

Kawhi infiltra e enterra

Anderson converte de 3 pontos

Amanhã as franquias se enfrentam novamente em Memphis, com transmissão ao vivo pela ESPN a partir das 21 horas.

error: Se quiser utilizar este conteúdo por favor entre em contato.