Search
  • Informação de bandeja sobre a NBA
  • por Rodrigo Enge
Search Menu

Toronto Raptors

Toronto Raptors

Toronto Raptors

O Toronto Raptors integra a Divisão do Atlântico da Conferência Leste da NBA. Em atividade desde 1995, é uma das franquias mais jovens da liga e a única que não tem sede nos EUA. Foi campeão de sua divisão três vezes e chegou aos playoffs em sete oportunidades, mas na maioria delas foi eliminado logo na primeira rodada. Embora nunca tenha vencido um campeonato, três de seus jogadores já colocaram o nome da franquia em evidência em edições do All-Star Weekend: Vince Carter (2000) e Terrence Ross (2013) venceram o campeonato de enterradas e Jason Kapono (2008) foi campeão do torneio de arremessos de três pontos, com o melhor aproveitamento na história da competição.

Origens

O Toronto Raptors ingressou na NBA em 1995, dois anos após sua fundação, durante o 11º programa de expansão realizado pela liga, o mesmo que permitiu o ingresso do Vancouver Grizzlies (atual Memphis Grizzlies). Ao incluir duas equipes canadenses, uma na Costa Leste e outra na Costa Oeste, a NBA deu um dos passos mais ambiciosos rumo à globalização, processo que a liga continua desenvolvendo ativamente através de outras iniciativas.

Além disso, a expansão rumo ao Canadá resgatou as origens da própria liga, pois uma equipe com sede em Toronto, o Toronto Huskies, foi uma das franquias fundadoras da BAA (Basketball Association of America), liga que deu origem à NBA. Mais do que isso, o Toronto Huskies foi protagonista e mandante daquela que é considerada, para todos os efeitos, a primeira partida oficial da NBA, realizada no dia 1º de novembro de 1946: New York Knicks 68 x 66 Toronto Huskies. O Huskies teve vida curta, disputou somente a temporada inaugural da BAA e fechou as portas em 1947.




A ideia original dos proprietários da franquia era usar novamente o nome Huskies, mas acabou sendo descartada depois de ficar claro que seria impossível criar um logotipo significativamente diferente do utilizado pelo Minnesota Timberwolves, que já estava em atividade na NBA desde 1989. Foi realizado um concurso de âmbito nacional onde cada participante podia dar sua sugestão ao término do qual o nome Raptors foi escolhido. O filme Jurassic Park, de Steven Spielberg, fazia um sucesso estrondoso na época, o que explica a decisão, já que Raptor é abreviatura de Velociraptor, espécie de dinossauro que estrelou a megaprodução hollywoodiana.

voltar ao topo da página ↑

Localização do Toronto Raptors

A franquia tem sede em Toronto, a cidade mais populosa do Canadá, localizada na província de Ontario, a pouco mais de 150 km da fronteira com os EUA. O Toronto Raptors manda suas partidas no Air Canada Centre (40 Bay Street • Toronto, Ontario, Canada • M5J 2X2), arena inaugurada em 1999 com capacidade para 19.800 torcedores.

Toronto, Otario, EUA

Toronto, Otario, EUA

voltar ao topo da página ↑

Campanhas do Toronto Raptors

voltar ao topo da página ↑

Recordes do Toronto Raptors

 Raio X

Raio-X 
Temporadas na NBA22
Participações nos playoffs9
Títulos da NBA0
Títulos de Conferência0
1ª colocação na Conferência0
1ª colocação na Divisão4
Vitórias/derrotas na temporada regular785/971 (44,7%)

Maiores sequências na temporada regular

SequênciaPartidasTemporadas
Vitórias9 partidas2001-02
Derrotas17 partidas1997-98

Melhor e pior campanha na temporada regular

TemporadaCampanha%Pós-temporada
2015-1656-2668,3Vice-campeão do Leste
1997-9816-6619,5--

Recordes totais

EstatísticaJogadorRecorde
PontosDeMar DeRozan11.456
RebotesChris Bosh4.776
AssistênciasJose Calderon3.770
Roubos de bolaDoug Christie664
BloqueiosChris Bosh600
Lances livresDeMar DeRozan3.078
Arremessos de 3 ptsKyle Lowry828
PartidasDeMar DeRozan595

Recordes – médias por partida

EstatísticaJogadorRecorde
PontosVince Carter23,4
RebotesChris Bosh9,4
AssistênciasDamon Stoudamire8,8
Roubos de bolaDoug Christie2,1
BloqueiosMarcus Camby2,9
MinutosDamon Stoudamire41,0

Recordes em uma única partida

EstatísticaJogadorRecordeDataAdversário
PontosVince Carter • Terrence Ross5127/02/2000 • 25/01/2014Phoenix Suns • Los Angeles Clippers
RebotesBismack Biyombo2517/03/2016Indiana Pacers
AssistênciasDamon Stoudamire • Jose Calderon (2) 1927/02/1996 • 29/03/2009, 4/02/2011Houston Rockets • Chicago Bulls, Minnesota Timberwolves
Roubos de bolaDoug Christie925/02/1997Denver Nuggets
BloqueiosKeon Clark1223/03/2001Atlanta Hawks
Lances livresDeMar DeRozan244/03/2016Portland Trail Blazers
Arremessos de 3 ptsDonyell Marshall1213/03/2005Philadelphia 76ers

voltar ao topo da página ↑

Ídolos e jogadores notáveis do Toronto Raptors

* por partida, defendendo a franquia

voltar ao topo da página ↑

Rivalidades

New Jersey / Brooklyn Nets

Vince Carter foi o primeiro jogador “fora de série”, e um dos únicos, que o Toronto Raptors já produziu. Draftado pela franquia em 1998, foi o primeiro Raptor a participar do All Star Game, o primeiro Raptor a vencer o torneio de enterradas e até hoje tem a melhor média de pontos por partida da franquia (23,4). Assim, naturalmente, no começo do século XXI, Vince Carter era o ídolo máximo de todos os torcedores do Toronto Raptors.

Em 2004, quando foi anunciado que o craque havia decidido mudar de ares, o futuro promissor que a franquia teria com a dupla formada pelo já experiente Vince Carter, mas em excelente forma física e técnica, e o jovem Chris Bosh, ruiu do dia para a noite. Se seu destino tivesse sido uma franquia multicampeã a milhares de quilômetros de distância, como Lakers, talvez os torcedores canadenses tivessem lidado melhor com a notícia, mas foi o New Jersey Nets (atual Brooklyn Nets), tão carente de títulos da NBA quanto o Raptors, que contratou Carter. Houve até quem queimasse a camisa 15 do ala.

Para piorar as coisas, a partir da temporada 2004-05 a NBA adotou o formato que persiste até hoje, com três divisões integrando cada conferência (até a temporada anterior eram apenas duas). A reformulação fez com que Toronto Raptors e New Jersey Nets passassem a frequentar não somente a mesma conferência, mas a mesma divisão, garantindo o acirramento da rivalidade.

Em 2007, cinco anos depois de sua última aparição nos playoffs, o Toronto Raptors conseguiu participar da pós-temporada e seu adversário logo na primeira rodada foi o New Jersey Nets de Vince Carter, que recebeu sonoras vaias da torcida em todas as três partidas disputadas na metrópole canadense. Carter foi o cestinha da série, com 25 pontos de média, e o Nets saiu vitorioso (4 a 2) com requintes de crueldade: placar de 98 a 97 na sexta partida, com direito a cesta nos últimos segundos (vídeo: Nets 24/7).

Em 2014 o Nets já havia se transferido para Brooklyn e Vince Carter estava defendendo o Dallas Mavericks, mas a rivalidade ainda estava mais viva do que nunca e o roteiro de 2007 praticamente se repetiu. O Toronto Raptors, que não frequentava a pós-temporada desde 2008, enfrentou o Brooklyn Nets na primeira rodada dos playoffs. Antes da série começar, o general manager do Raptors, Masai Ujiri, foi filmado durante encontro com torcedores gritando “F@ck Brooklyn!”. O pedido de desculpas e a multa de US$ 25 mil imposta pela NBA não ajudaram a aplacar os ânimos. A exemplo do que ocorreu em 2007, o Raptors tinha a vantagem de decidir a série em casa e desta vez a sétima partida foi necessária. Um toco de Paul Pierce em Kyle Lowry literalmente no último segundo assegurou a vitória do Nets por 104 a 103 e decretou a segunda eliminação do Toronto Raptors pelo rival (vídeo: NBA).

voltar ao topo da página ↑

As estatísticas dos jogadores mencionadas nesta página foram obtidas no site Basketball Reference.
error: Se quiser utilizar este conteúdo por favor entre em contato.