Search
  • Informação de bandeja sobre a NBA
  • por Rodrigo Enge
Search Menu

Brooklyn Nets

Brooklyn Nets

Brooklyn Nets

O Brooklyn Nets integra a Divisão do Atlântico da Conferência Leste da NBA. A franquia sofreu diversas alterações de nome e de sede ao longo de sua história. Suas melhores performances ocorreram no início do século XXI, quando foi vice-campeã em duas temporadas seguidas (2001-02 e 2002-03) sob o nome New Jersey Nets. Apenas em quatro oportunidades foi campeão da sua divisão. Depois de ser adquirida pelo bilionário russo Mikhail Prokhorov, em 2010, a franquia sofreu grande reformulação e recebeu altos investimentos, mas até o momento não conseguiu traduzir dinheiro em conquistas.

Origens

A única constante na história desta franquia é sua vocação para mudanças: já mudou de liga, de nome, de cidade, de arena e até de cores ao longo de seus quase 50 anos de vida. Fundada em 1967 como New Jersey Americans, nasceu como uma das franquias integrantes da ABA (American Basketball Association) mandando suas partidas na cidade de Teaneck, no estado de New Jersey, e adotando as cores da bandeira norte-americana. Logo após o seu primeiro ano de existência, já cruzou a fronteira do estado e adotou outro nome, New York Nets, passando a mandar seus jogos em Long Island, sem um ginásio fixo. Em suas nove temporadas disputando a ABA a franquia chegou a três finais de campeonato e foi campeã em duas oportunidades (1973-74 e 1975-76), muito graças ao prodígio Julius Erving, o lendário “Dr. J”, que anos mais tarde brilharia no Philadelphia 76ers.




Em 1976 a ABA foi absorvida pela NBA e, junto com ela, quatro de suas franquias: Denver Nuggets, Indiana Pacers, New York Nets e San Antonio Spurs. Logo na temporada 1977-78 a franquia retornou para New Jersey e foi mais uma vez rebatizada, desta vez passando a se chamar New Jersey Nets. Entre 1977 e 1981 o Nets mandou suas partidas no Rutgers Athletic Center, um ginásio universitário. De 1981 a 2010 o Meadowlands Sports Complex foi a casa da franquia, que depois mudou-se para o Prudential Center, onde permaneceu somente até 2012.

O mais recente e, talvez, mais radical pacote de mudanças ocorreu em 2012, quando a franquia atravessou novamente o Rio Hudson rumo a Nova Iorque, desta vez para se instalar no bairro do Brooklyn, que deu nome à nova versão da equipe: Brooklyn Nets. As cores azul, vermelha e branca foram trocadas pelo preto e branco e apenas parte do logo antigo foi preservado para guardar alguma identidade com o passado. Além disso, a franquia também ganhou uma nova e moderníssima arena, o Barclays Center.

voltar ao topo da página ↑

Localização do Brooklyn Nets

O Brooklyn Nets está sediado no bairro nova-iorquino que dá nome à equipe e manda suas partidas no Barclays Center (620 Atlantic Avenue • Brooklyn, New York, NY • 11217), arena multiuso inaugurada em 2012 com capacidade para 17.732 espectadores. Localizado próximo a estações de metrô e não muito distante das pontes que ligam Brooklyn a Manhattan, o acesso ao Barclays Center é relativamente fácil, sendo uma ótima alternativa para quem visita Nova Iorque e quer assistir uma partida da NBA, já que mesmo em uma fase terrível o New York Knicks invariavelmente lota o Madison Square Garden.

New York, New York, EUA

New York, New York, EUA

voltar ao topo da página ↑

Campanhas

TemporadaLigaNomeVD%1º round - playoffs2º round - playoffs3º round - playoffsFinais - playoffs
2016-17NBABrooklyn Nets206224,4--------
2015-16NBABrooklyn Nets216125,6--------
2014-15NBABrooklyn Nets384446,32-4 (Hawks)------
2013-14NBABrooklyn Nets443853,74-3 (Raptors)1-4 (Heat)----
2012-13NBABrooklyn Nets493359,83-4 (Bulls)------
2011-12NBANew Jersey Nets224433,3--------
2010-11NBANew Jersey Nets245829,3--------
2009-10NBANew Jersey Nets127014,6--------
2008-09NBANew Jersey Nets344841,5--------
2007-08NBANew Jersey Nets344841,5--------
2006-07NBANew Jersey Nets414150,04-2 (Raptors)2-4 (Cavaliers)----
2005-06NBANew Jersey Nets493359,84-2 (Pacers)1-4 (Heat)----
2004-05NBANew Jersey Nets424051,20-4 (Heat)------
2003-04NBANew Jersey Nets473557,34-0 (Knicks)3-4 (Pistons)----
2002-03NBANew Jersey Nets493359,84-2 (Bucks)4-0 (Celtics)4-0 (Pistons)2-4 (Spurs)
2001-02NBANew Jersey Nets523063,43-2 (Pacers)4-1 (Hornets)4-2 (Celtics)0-4 (Lakers)
2000-01NBANew Jersey Nets265631,7--------
1999-00NBANew Jersey Nets315137,8--------
1998-99NBANew Jersey Nets163432,0--------
1997-98NBANew Jersey Nets433952,40-3 (Bulls)------
1996-97NBANew Jersey Nets265631,7--------
1995-96NBANew Jersey Nets305236,6--------
1994-95NBANew Jersey Nets305236,6--------
1993-94NBANew Jersey Nets453754,91-3 (Knicks)------
1992-93NBANew Jersey Nets433952,42-3 (Cavaliers)------
1991-92NBANew Jersey Nets404248,81-3 (Cavaliers)------
1990-91NBANew Jersey Nets265631,7--------
1989-90NBANew Jersey Nets176520,7--------
1988-89NBANew Jersey Nets265631,7--------
1987-88NBANew Jersey Nets196323,2--------
1986-87NBANew Jersey Nets245829,3--------
1985-86NBANew Jersey Nets394347,60-3 (Bucks)------
1984-85NBANew Jersey Nets424051,20-3 (Pistons)------
1983-84NBANew Jersey Nets453754,93-2 (Sixers)2-4 (Bucks)----
1982-83NBANew Jersey Nets493359,80-2 (Knicks)------
1981-82NBANew Jersey Nets443853,70-2 (Bullets)------
1980-81NBANew Jersey Nets245829,3--------
1979-80NBANew Jersey Nets344841,5--------
1978-79NBANew Jersey Nets374545,10-2 (Sixers)------
1977-78NBANew Jersey Nets245829,3--------
1976-77NBANew York Nets226026,8--------
1975-76ABANew York Nets552965,5--4-3 (San Antonio Spurs)--4-2 (Denver Nuggets)
1974-75ABANew York Nets582669,01-4 (Spirits of St. Louis)------
1973-74ABANew York Nets552965,54-1 (Virginia Squires)4-0 (Kentucky Colonels)X4-1 (Utah Stars)
1972-73ABANew York Nets305435,71-4 (Carolina Cougars)--X--
1971-72ABANew York Nets444052,44-2 (Kentucky Colonels)4-3 (Virginia Squires)X2-4 (Indiana Pacers)
1970-71ABANew York Nets404447,62-4 (Virginia Squires)--X--
1969-70ABANew York Nets394546,43-4 (Kentucky Colonels)--X--
1968-69ABANew York Nets176121,8----X--
1967-68ABANew Jersey Americans364246,2----X--

voltar ao topo da página ↑

Recordes do Brooklyn Nets

Raio-X da franquia

Raio-X 
Temporadas na NBA41
Participações nos playoffs19
Títulos da NBA0
Títulos de Conferência2
1ª colocação na Conferência1
1ª colocação na Divisão4
Vitórias/derrotas na temporada regular1.380/1.934 (41,6%)

Maiores sequências na temporada regular

SequênciaPartidasTemporadas
Vitórias142003-04 e 2005-06
Derrotas192008-09/2009-10

Melhor e pior campanha na temporada regular

TemporadaCampanha%Pós-temporada
2001-0252-3063,4Vice-campeão da NBA
2009-1012-7014,6--

Recordes totais

EstatísticaJogadorRecorde
PontosBrook Lopez10.444
RebotesBuck Williams7.576
AssistênciasJason Kidd4.620
Roubos de bolaJason Kidd950
BloqueiosBrook Lopez972
Lances livresBuck Williams2.476
Arremessos de 3 ptsJason Kidd813
PartidasBuck Williams635

Recordes – médias por partida

EstatísticaJogadorRecorde
PontosRick Barry30,6
RebotesBuck Williams11,9
AssistênciasJason Kidd9,1
Roubos de bolaMicheal Ray Richardson2,7
BloqueiosShawn Bradley3,8
MinutosRick Barry44,0

Recordes em uma única partida

EstatísticaJogadorRecordeDataAdversário
PontosDeron Williams5704/03/2012Charlotte Bobcats
RebotesBuck Williams2701/02/1987Golden State Warriors
AssistênciasRobert Pack2223/11/1996Dallas Mavericks
Roubos de bolaKendall Gill1103/04/1999Miami Heat
BloqueiosShawn Bradley1217/04/1996Toronto Raptors
Lances livresVince Carter2323/12/2005Miami Heat
Arremessos de 3 ptsDeron Williams1108/03/2013Washington Wizards

voltar ao topo da página ↑

Ídolos e jogadores notáveis do Brooklyn Nets

JogadorAltura (m)Posição#NascimentoFalecimentoDeAtéPts.*Reb.*Ast.*Campeão**
Billy Paultz2,114 e 5530/07/1948--1970197515,611,22,01 vez
Rick Barry2,0132428/03/1944--1970197230,66,24,5--
John Williamson1,8812310/11/195130/11/19961973/19781977/198017,82,52,82 vezes
Julius Erving1,9833222/02/1950--1973197628,210,95,22 vezes
Darryl Dawkins2,1155311/01/195727/08/20151982198614,35,51,4--
Micheal Ray Richardson1,961 e 22011/04/1955--1983198616,14,96,8--
Buck Wiliams2,034 e 55208/03/1960--1981198916,411,91,5--
Derrick Coleman2,084 e 54421/06/1967--1990199519,910,63,1--
Drazen Petrovic1,963222/10/196407/06/19931991199319,52,82,9--
Kenny Anderson1,831709/10/1970--1991199615,33,47,8--
Jayson Williams2,064 e 55522/02/1968--199219998,38,90,7--
Keith Van Horn2,083 e 44423/10/1975--1997200218,27,61,8--
Stephon Marbury1,8813320/02/1977--1999200123,03,18,1--
Jason Kidd1,931523/03/1973--2001200814,67,29,1--
Richard Jefferson2,0132421/06/1980--2001200817,45,43,0--
Brook Lopez2,1351101/04/1988--2008201718,67,11,5--
* por partida defendendo a franquia / linhas em azul indicam jogadores cujas estatísticas se referem a campeonatos da ABA

voltar ao topo da página ↑

Rivalidades

New York Knicks

O maior rival do Brooklyn Nets, sem sombra de dúvida, é o New York Knicks, apesar das duas equipes só terem se cruzado em disputas de playoffs três vezes (o Knicks eliminou o Nets em duas dessas oportunidades). A rivalidade entre as franquias é muito mais territorial e de bastidores do que esportiva e vem de longa data, desde quando o então New York Nets, até 1976 uma equipe integrante da ABA, começou a negociar sua migração para a NBA. O corpo diretivo da liga determinou que a franquia deveria pagar uma multa diretamente ao New York Knicks no valor de US$ 4,8 milhões, entendendo que o Knicks, um dos fundadores da NBA, merecia receber uma indenização por passar a ter um concorrente na mesma cidade.

O problema é que o Nets já tinha que pagar à própria NBA o valor de US$ 3,2 milhões para ingressar na liga (comparando os valores, fica evidente que a indenização exigida em favor do Knicks foi abusiva) e havia prometido um significativo aumento salarial à sua estrela, Julius Erving. Diante do impasse financeiro e temendo ficar no limbo caso não aderisse à NBA, o Nets foi obrigado a se desfazer de Dr. J, vendido ao Philadelphia 76ers por US$ 3 milhões para fazer frente a tais despesas. Ou seja, além de descapitalizar o rival, o Knicks ainda conseguiu fazê-lo perder um dos melhores jogadores que já praticaram o esporte, tornando o início da vida do Nets na liga muito mais difícil.




Toronto Raptors

Vince Carter foi o primeiro jogador “fora de série”, e um dos únicos, que o Toronto Raptors já produziu. Draftado pela franquia em 1998, foi o primeiro Raptor a participar do All Star Game, o primeiro Raptor a vencer o torneio de enterradas e até hoje tem a melhor média de pontos por partida da franquia (23,4). Assim, naturalmente, no começo do século XXI, Vince Carter era o ídolo máximo de todos os torcedores do Toronto Raptors.

Em 2004, quando foi anunciado que o craque havia decidido mudar de ares, o futuro promissor que a franquia teria com a dupla formada pelo já experiente Vince Carter, mas em excelente forma física e técnica, e o jovem Chris Bosh, ruiu do dia para a noite. Se seu destino tivesse sido uma franquia multicampeã a milhares de quilômetros de distância, como Lakers, talvez os torcedores canadenses tivessem lidado melhor com a notícia, mas foi o New Jersey Nets, tão carente de títulos da NBA quanto o Raptors, que contratou Carter. Houve até quem queimasse a camisa 15 do ala como forma de protesto.

Para piorar as coisas, a partir da temporada 2004-05 a NBA adotou o formato que persiste até hoje, com três divisões integrando cada conferência (até a temporada anterior eram apenas duas). A reformulação fez com que Toronto Raptors e New Jersey Nets passassem a frequentar não somente a mesma conferência, mas a mesma divisão, garantindo o acirramento da rivalidade.

Em 2007, cinco anos depois de sua última aparição nos playoffs, o Toronto Raptors conseguiu participar da pós-temporada e seu adversário logo na primeira rodada foi o New Jersey Nets de Vince Carter, que recebeu sonoras vaias da torcida em todas as três partidas disputadas na metrópole canadense. Carter foi o cestinha da série, com 25 pontos de média, e o Nets saiu vitorioso (4 a 2) com requintes de crueldade: placar de 98 a 97 na sexta partida, com direito a cesta nos últimos segundos (vídeo: Nets 24/7).

Em 2014 o Nets já havia se transferido para Brooklyn e Vince Carter estava defendendo o Dallas Mavericks, mas a rivalidade ainda estava mais viva do que nunca e o roteiro de 2007 praticamente se repetiu. O Toronto Raptors, que não frequentava a pós-temporada desde 2008, enfrentou o Brooklyn Nets na primeira rodada dos playoffs. Antes da série começar, o general manager do Raptors, Masai Ujiri, foi filmado durante encontro com torcedores gritando “F@ck Brooklyn!”. O pedido de desculpas e a multa de US$ 25 mil imposta pela NBA não ajudaram a aplacar os ânimos. A exemplo do que ocorreu em 2007, o Raptors tinha a vantagem de decidir a série em casa e desta vez a sétima partida foi necessária. Um toco de Paul Pierce em Kyle Lowry literalmente no último segundo assegurou a vitória do Nets por 104 a 103 e decretou a segunda eliminação do Toronto Raptors pelo rival (vídeo: NBA).

voltar ao topo da página ↑

As estatísticas mencionadas neste artigo foram obtidos no site Basketball Reference.