Search
  • Informação de bandeja sobre a NBA
  • por Rodrigo Enge
Search Menu

Atlanta Hawks

Atlanta Hawks

Atlanta Hawks

O Atlanta Hawks integra a Divisão Sudeste da Conferência Leste da NBA. Apesar de fazer parte da NBA desde 1949, a franquia conquistou apenas um título da liga na temporada 1957-58, quando ainda tinha sua sede na cidade de St. Louis. A fase mais vitoriosa da franquia foi justamente esta em que permaneceu sediada no Missouri, quando, além do título conquistado, também foi campeã por cinco vezes da Divisão Oeste. Sob o comando do técnico Mike Budenholzer e graças às atuações principalmente de Jeff Teague, Kyle Korver, DeMarre Carroll, Paul Millsap e Al Horford, o Atlanta Hawks registrou a melhor campanha de sua história na temporada 2014-15.




Origens

O Atlanta Hawks é uma das franquias da NBA que mais sofreu mudanças de “endereço” e de “identidade” dentre todas da liga. Boa parte dessas mudanças se devem ao temperamento forte e até certo ponto intempestivo de seu fundador, Benjamin Kerner. A franquia foi fundada como Buffalo Bisons na cidade de Buffalo, no estado de Nova Iorque, em 1946, integrando a NBL (National Basketball League), mas no mesmo ano já mudou para a cidade de Moline, no estado do Illinois. Visando angariar a simpatia de mais torcedores, adotou o nome de Tri-Cities Blackhawks, uma vez que a cidade de Moline é vizinha de Rock Island, também em Illinois, e de Davenport, no estado de Iwoa, do outro lado do Rio Mississipi. O “sobrenome” Blackhawks ficou por conta de ter ocorrido na região uma guerra no ano de 1832 entre os EUA e nativos liderados pelo chefe Black Hawk, da tribo Sauk. O conflito ficou conhecido como Black Hawk War e o batismo da franquia não foi uma homenagem politicamente correta à população indígena, mas uma simples referência à guerra, obviamente vencida pelos brancos.

Com a fusão da NBL com a BAA (Basketball Association of America), que originou a NBA em 1949, ficou claro que nem a população das três cidades juntas, todas pequenas, seria suficiente para gerar receita sequer parecida com a auferida por outras franquias, como New York Knicks, Minneapolis Lakers e Boston Celtics. Por conta disso, Kerner promoveu outra mudança em 1951, desta vez para Milwaukee, no estado de Wisconsin. A franquia deixou o “black” em Moline e passou a se chamar Milwaukee Hawks, “sobrenome” mantido até hoje.

A transferência para Milwaukee também não representou um grande avanço do ponto de vista financeiro, principalmente porque o time, dentro da quadra, não empolgava ninguém. Tudo mudou (novamente) quando a franquia draftou o craque Bob Pettit em 1954 e fez as malas para a cidade de St. Louis, no Missouri, no ano seguinte. Foi como St. Louis Hawks que a franquia conquistou seu primeiro e único título na temporada 1957-58, dois vice-campeonatos (1959-60 e 1960-61), frequentando os playoffs em 11 das 12 temporadas entre 1955 e 1968.

No final dos anos 1960, Ben Kerner “cansou da brincadeira” e decidiu vender a franquia para empresários de Atlanta que em 1968 levaram a equipe para a capital do estado da Georgia, onde o Atlanta Hawks está desde então.

Confira no mapa abaixo por quais cidades a franquia passou até se instalar em Atlanta

Clique nas cidades sede (bolinhas coloridas) para mais informações.

Localização do Atlanta Hawks

Sediada em Atlanta, capital do estado da Georgia, a franquia manda suas partidas na Philips Arena (1 Philips Dr. • Atlanta, GA • 30303), com capacidade para 18.118 espectadores. A Philips Arena fica localizada na região central de Atlanta que conta com atrações turísticas como o Centennial Olympic Park, parque olímpico construído para as Olimpíadas de 1996, o Georgia Aquarium, o World of Coca-Cola.

Atlanta, Georgia, EUA

Atlanta, Georgia, EUA

voltar ao topo da página ↑

Recordes do Atlanta Hawks

Raio-X da franquia

Raio-X 
Temporadas na NBA68
Participações nos playoffs46
Títulos da NBA1
Títulos de Conferência0
1ª colocação na Conferência3
1ª colocação na divisão11
Vitórias e derrotas na temporada regular2.693/2.695 (49,9%)

Maiores sequências na temporada regular

SequênciaPartidasTemporadas
Vitórias192014-15
Derrotas161975-76

Melhor e pior campanha na temporada regular

TemporadaCampanha%Pós-temporada
2014-1557-2569,5Vice-campeão da Conf. Leste
2004-0513-6915,9--

Recordes totais

EstatísticaJogadorRecorde
PontosDominique Wilkins23.292
RebotesBob Pettit12.849
AssistênciasDoc Rivers3.866
Roubos de bolaMookie Blaylock1.321
BloqueiosTree Rollins2.283
Lances livresBob Pettit6.182
Arremessos de 3 ptsMookie Blaylock1.050
PartidasDominique Wilkins882

Recordes – médias por partida

EstatísticaJogadorRecorde
PontosDominique Wilkins26,4
RebotesBob Pettit16,2
AssitênciasMookie Blaylock7,3
Roubos de bolaMookie Blaylock2,6
BloqueiosDikembe Mutombo3,2
MinutosMel Hutchiuns40,2

Recordes em uma única partida

EstatísticaJogadorRecordeDataAdversário
PontosLou Hudson • Dominique Wilkins (2)5710/11/69 • 10/04/1986 e 10/12/1986Bulls • Nets e Bulls
RebotesKevin Willis3319/02/1992Washington Bullets
AssistênciasMookie Blaylock2306/03/1993Utah Jazz
Roubos de bolaMookie Blaylock1014/04/1998Philadelphia 76ers
BloqueiosDikembe Mutombo1115/02/2000New Jersey Nets
Lances livresDominique Wilkins2308/12/1992Chicago Bulls
Arremessos de 3 ptsSteve Smith914/03/1997Seattle SuperSonics

voltar ao topo da página ↑

Ídolos e jogadores notáveis do Atlanta Hawks

JogadorAlturaPosição#NascimentoFalecimentoDeAnoPts.Reb.Ast.Campeão
Bob Pettit2,06m4912/12/1932--1954196526,412,23,01958
Cliff Hagan1,93m36/16/1709/12/1931--1956196618,06,93,01958
Clyde Lovellette2,06m53407/09/192909/03/20161958196219,39,61,9--
Lenny Wilkens1,85m114/15/3228/10/1937--1960196815,54,95,5--
Bill Bridges1,98m410/3204/04/1939--1962197112,712,72,9--
Zelmo Beaty2,06m514/3125/10/193927/08/20131962196917,411,21,5--
Lou Hudson1,96m2 e 32311/07/194411/04/20141966197722,04,92,9--
Pete Maravich1,96m1 e 24422/06/194705/01/19881970197424,34,25,6--
John Drew1,98m3 e 42230/09/1954--1974198221,27,51,6--
Dan Roundfield2,03m43226/05/195306/12/20121978198417,610,72,4--
Dominique Wilkins2,03m32112/01/1960--1982199426,46,92,6--
Doc Rivers1,93m12513/10/1961--1983199113,03,56,8--
Kevin Willis2,13m4 e 54206/09/1962--1984/20041994/200514,19,71,1--
Mookie Blaylock1,83m11020/03/1967--1992199814,94,67,3--
Dikembe Mutombo2,18m55525/06/1966--1996200111,912,61,2--
Josh Smith2,06m3 e 4505/12/1985--2004201315,38,03,2--
Joe Johnson2,01m2 e 3229/06/1981--2005201220,94,25,2--
Al Horford2,08m51503/06/1986--2007201614,38,92,7--
Jeff Teague1,88m1010/06/1988--2009201612,12,25,2--
Paul Millsap2,034410/02/1985--2013201717,48,33,3--

voltar ao topo da página ↑

Rivalidades

Boston Celtics

A maior rivalidade da franquia começou a ser construída justamente nos anos 50, quando o St. Louis Hawks decidiu nada menos do que quatro finais contra o Boston Celtics. Naquela época a NBA contava com apenas dez equipes ocupando duas divisões, Leste e Oeste, sendo que Boston pertencia à primeira e St. Louis à segunda. Para acirrar ainda mais a rivalidade, Boston contava com Red Auerbach, ex-técnico do St. Louis Hawks, e Bob Cousy, armador draftado pelo Hawks, mas que nunca chegou a jogar pela equipe por não ter entrado em acordo salarial com o proprietário da franquia. Das quatro finais disputadas entre as equipes de 1956 a 1961, Boston levou o troféu para Massachusetts três vezes (1957 / 1959 / 1960), sendo duas das séries decididas em sete partidas.

Na temporada 1970-71 a liga foi reestruturada, passando a contar com duas conferências. Umas das consequências desta reorganização foi que os já rivais Hawks e Celtics começaram a disputar a mesma conferência, cruzando-se diversas vezes nas disputas de playoffs em busca de uma vaga na final da NBA. Foram sete confrontos ao longo dos últimos 42 anos e o Hawks perdeu todos.

Talvez a partida mais emblemática desta rivalidade entre as duas equipes seja a 7ª da série que decidiu o vencedor da semifinal da Conferência Leste na temporada 1987-88, disputada no dia 22 de maio de 1988 no Boston Garden. A equipe da casa venceu por 118 a 116 com exibições de gala dos craques dos dois times: pelo Atlanta Hawks, Dominique Wilkins anotou 47 pontos; por Boston, Larry Bird guardou 34 pontos, 20 deles apenas no último quarto da partida (vídeo: LakersDynasty42).

Cleveland Cavaliers

O Atlanta Hawks disputou três séries de playoffs contra o Cleveland Cavaliers e foi eliminado em todas de uma maneira vexatória: 4 a 0 (12 a zero ao todo). Ou seja, o Hawks nunca venceu uma partida sequer na pós-temporada contra o Cavs.

Em 2009 e 2016 os confrontos foram válidos pelas semifinais e em 2015 pelas finais da Conferência Leste, quando dois lances protagonizados pelo armador Matthew Dellavedova fizeram surgir uma rivalidade entre as franquias. No final do jogo #2, Dellavedova chocou-se contra Kyle Korver causando uma grave torção no tornozelo do jogador do Hawks, que saiu da partida e dos playoffs e foi obrigado a se submeter a uma cirurgia para reparar a lesão. No jogo #3, Dellavedova caiu sobre Al Horford em um lance parecido com o que causou a lesão em Korver. Horford tentou agredi-lo com uma cotovelada e foi penalizado com uma falta flagrante 2, sendo eliminado da partida.

Frustrados com a performance muito inferior à exibida na temporada regular e com os problemas de contusão que enfrentaram no final da temporada, alguns jogadores do Hawks acusaram Dellavedova de ser um jogador “sujo”. LeBron James saiu em defesa do companheiro de equipe e, embora nada além disso tenha ocorrido, ficou um clima esquisito entre as franquias.

voltar ao topo da página ↑

As estatísticas mencionadas neste artigo foram obtidas no site Basketball Reference.
error: Se quiser utilizar este conteúdo por favor entre em contato.