Search
  • Informação de bandeja sobre a NBA
  • por Rodrigo Enge
Search Menu

De olho no Draft 2017: Malik Monk, ala-armador de Kentucky

Malik Monk disputou somente uma temporada pelo Kentucky Wildcats (Imagem: Andy Lions / Getty Images)

Malik Monk disputou somente uma temporada pelo Kentucky Wildcats (Imagem: Andy Lions / Getty Images)

Não se engane pelo físico franzino de Malik Monk. O garoto de 19 anos de idade, 1,90 m e 90kg compensa em explosão, agilidade e um bom arremesso de média e longa distância. Foi um dos destaques da temporada 2016-17 na NCAA com média de 19,8 pontos por partida, aproveitamento de 45% nos arremessos de quadra e 39,7% nos 3 pontos. Atualmente é cotado para ser selecionado entre os dez primeiros calouros no Draft 2017.

Confiança e bom repertório

O principal ponto fraco de Malik Monk sem dúvida é seu porte físico. Mas enquanto esta deficiência pode ser minimizada com alimentação, treinamentos e a passagem do tempo (afinal, ele tem só 19 anos), suas qualidades não são encontradas com frequência reunidas em um mesmo jogador.




Monk não se intimida com a marcação adversária. Tem um grau de confiança e objetividade que em alguns momentos chegam a lembrar Allen Iverson.

Embora boa parte das suas finalizações sejam resultado de transições ofensivas e jogadas de pick and roll, o jogador tem qualidade no drible suficiente para criar seus próprios arremessos.

Sua boa mobilidade lateral o torna um marcador eficiente no perímetro.

Malik Monk quebrou recorde de Kentucky

Em 16 de dezembro de 2016, Malik Monk marcou quase a metade dos pontos de sua equipe e determinou a vitória por 103 a 100 sobre North Carolina.

Ele foi autor de 47 pontos, um recorde para calouros da centenária University of Kentucky, convertendo oito dos 12 arremessos de fora do perímetro que arriscou.

Justin Jackson, outro candidato no Draft 2017, foi o cestinha de North Carolina nesse jogo com 34 pontos.

Posição 1 pode ser o seu futuro

Monk ainda precisa aprender a tirar maior vantagem dos mismatches com adversários mais altos e a aperfeiçoar seu passe, o que lhe possibilitaria atuar não somente na posição 2, mas também como armador.

Caso Malik Monk consiga realizar este upgrade poderá “fugir” de ala-armadores com físico muito mais privilegiado que o dele e encarar duelos mais equilibrados contra jogadores de porte semelhante.

Com informações obtidas no site Draft Express
error: Se quiser utilizar este conteúdo por favor entre em contato.