Search
  • Informação de bandeja sobre a NBA
  • por Rodrigo Enge
Search Menu

De olho no Draft 2017: Lonzo Ball, armador de UCLA

Lonzo Ball disputou 36 partidas por UCLA (Imagem: Ethan Miller / Getty Images)

Lonzo Ball disputou 36 partidas por UCLA (Imagem: Ethan Miller / Getty Images)

Se escolher Lonzo Ball é a melhor decisão que uma franquia pode tomar no Draft 2017 só saberemos dentro de alguns anos. O certo, é que o armador de 19 anos, 1,98m de altura e 86kg fez por merecer dentro de quadra boa parte da atenção que vem recebendo da imprensa.

Apontado há muito tempo como um dos principais nomes desta classe, Ball só não desperta maior interesse das franquias por conta da personalidade “extravagente” de seu pai, LaVar Ball, que gerencia a carreira do filho.




Lonzo repetiu feito de Kidd

Entre as centenas de jogadores que atuaram no basquete universitário na temporada 2016-17, Lonzo Ball foi o único que registrou médias de pelo menos 14 pontos, seis rebotes e seis assistências.

Sua performance não foi fora da curva somente em comparação a dos atletas da sua geração, mas também se comparada ao que jogadores do passado produziram no basquete universitário.

Desde Jason Kidd, em 1993-94, nenhum jogador da conferência Pac-12 havia tido médias de pelo menos 14 pontos, seis rebotes e sete assistências em uma temporada.

Número de Lonzo Ball em 2016-17
TemporadaTimeConfGMPFG%3P%FT%TRBASTSTLBLKTOVPFPTS
2016-17UCLAPac-123635,155,141,267,367,61,80,82,51,814,6

Qualidades

Lonzo Ball tem uma altura excelente para a posição 1, o que o favorece muito nos confrontos com os marcadores do perímetro. É altruísta, sempre distribuindo a bola para companheiros bem colocados, e tem uma visão de jogo privilegiada.

Ao mesmo tempo é capaz de criar o próprio arremesso e tem facilidade para finalizar dentro garrafão. Sua velocidade nos contra-ataques e capacidade de tomar decisões rapidamente também são trunfos importantes.

O que chama muita atenção no jogo de Ball é sua liderança dentro de quadra e o desejo de vencer, combinação que levou o UCLA Bruins a várias viradas.

Interferência de LaVar preocupa recrutadores

A megalomania de LaVar Ball, suas declarações, atitudes e inimizades que construiu mesmo antes do filho ingressar na NBA têm assustado boa parte dos recrutadores. LaVar trata o filho como se já fosse um membro do Hall da Fama e exigiu valores absurdos para Lonzo ser patrocinado pelas principais fornecedoras de material esportivo dos EUA.

Preferiu criar a própria marca, a Big Baller Brand, vendendo o tênis com a assinatura do filho por preços salgadíssimos. Não permitiu que Lonzo fizesse testes no Boston Celtics, a franquia mais vencedora da liga e uma das mais tradicionais, por entender que teria poucos minutos no time de Massachusetts.

A preocupação é que LaVar perturbe o ambiente nos vestiários se o filho não for aproveitado da maneira que ele, LaVar, entende ser a correta.

De todo modo, Lonzo está cotado para ser selecionado entre as três primeiras escolhas, provavelmente pelo Los Angeles Lakers, time que já declarou ter interesse em defender.

Com informações obtidas no site Draft Express.
error: Se quiser utilizar este conteúdo por favor entre em contato.