Search
  • Informação de bandeja sobre a NBA
  • por Rodrigo Enge
Search Menu

Contusão de Kawhi muda história do jogo e Warriors vence Spurs

Stephen Curry perde o controle da bola marcado por Kawhi Leonard (Imagem: Thearon W. Henderson / Getty Images)

Stephen Curry perde o controle da bola marcado por Kawhi Leonard (Imagem: Thearon W. Henderson / Getty Images)

A primeira partida das finais da Conferência Oeste entre San Antonio Spurs e Golden State Warriors pode ser dividida em duas partes muito bem definidas. Enquanto Kawhi Leonard esteve em quadra, o visitante dominou totalmente o adversário, chegando a abrir 25 pontos de diferença. A partir do momento em que o ala do time texano sofreu nova torção no tornozelo, na metade do terceiro período, sendo obrigado a ir para os vestiários, o Warriors iniciou uma reação que culminou na virada e na vitória por 113 a 111.




Kawhi estava ditando o ritmo do jogo

Quando Kawhi Leonard se contundiu, faltando pouco menos de oito minutos para o fim do terceiro período, o San Antonio Spurs vencia por 78 a 57. Kawhi era o cestinha da partida com 26 pontos (FG 7/13) em 23 minutos de quadra, oito rebotes, três assistências e plus/minus +21.

Sua marcação tinha segurado Kevin Durant em 14 pontos (FG 4/11 • 3P 0/3) e sua presença no ataque já havia provocado seis faltas do Golden State Warriors.

Depois que Kawhi saiu do jogo, Durant marcou 20 pontos (34 no total) e o Spurs somou 33 pontos ao placar contra 56 do mandante, incentivado por sua torcida.

Zaza foi maldoso?

Kawhi estava sendo marcado no perímetro por Zaza Pachulia (11 pts, 9 reb) no lance em que se contundiu. Enquanto o ala ainda estava no ar, arremessando, Zaza avançou, ficando com seu pé exatamente embaixo do ponto em que Kawhi aterrissou.

O incidente provocou uma nova torção no tornozelo já comprometido de Kawhi, impedindo-o de continuar jogando e mudando a história da partida.

Como o histórico de Zaza não é dos melhores e essa estratégia de colocar o pé embaixo para lesionar o adversário é antiquíssima, é razoável considerar a hipótese de que o pivô tenha agido intencionalmente.

Warriors voltou melhor no terceiro período

Independentemente da contusão de Kawhi, o Golden State Warriors voltou com outra postura depois do intervalo. O técnico Steve Kerr, que ainda não está apto para comandar a equipe e continua sendo substituído por Mike Brown, teve uma conversa com os jogadores no vestiário que surtiu efeito. A marcação do Warriors melhorou sensivelmente e o grau de confiança aumentou.

Klay Thompson fez uma partida desastrosa (6 pts • FG 2/11) e quase comprometeu a reação de sua equipe. Mas Stephen Curry (40 pts • FG 14/26 • 3P 7/16) e Kevin Durant, livre da marcação de Kawhi, trataram de promover a virada.

LaMarcus cestinha e Manu “interminável”

O saldo da partida obviamente foi negativo para o San Antonio Spurs, principalmente se a contusão de sua principal estrela o impedir do atuar no jogo 2. Mas há razões para os seus torcedores se manterem confiantes.

Pela segunda partida consecutiva LaMarcus Aldridge foi o finalizador eficiente que a franquia texana buscava quando o contratou em 2015. O ala-pivô marcou 28 pontos (FG 11/23) e pegou oito rebotes.

E o que dizer sobre Manu Ginobili? Aos 39 anos de idade o argentino saiu do banco de reservas para marcar 17 pontos em 25 minutos de quadra com 70% de aproveitamento nos arremessos de quadra e mais garra e disposição que jogadores que poderiam ser seus filhos.

#DATAHORATVVISITANTEPTSPTSMANDANTEOT
114/516:30ESPNSan Antonio Spurs (0)111113Golden State Warriors (1)--
216/522:00ESPNSan Antonio Spurs (0)100136Golden State Warriors (2)--
320/522:00ESPNGolden State Warriors (3)120108San Antonio Spurs (0)--
422/522:00ESPNGolden State Warriors (4)129115San Antonio Spurs (0)--
San Antonio Spurs 0 x 1 Golden State Warriors
error: Se quiser utilizar este conteúdo por favor entre em contato.