Search
  • Informação de bandeja sobre a NBA
  • por Rodrigo Enge
Search Menu

Como o calendário da temporada regular é organizado

Distribuição das 82 partidas que compõem a temporada regular da NBA

Como é organizado o calendário da temporada regular da NBA

A temporada regular da NBA é muito extensa. Entre o final de outubro e meados de abril, cada uma das 30 equipes que integram a liga disputam 82 duas partidas, sendo 41 em seus domínios e 41 nas arenas dos times adversários. Ao todo, portanto, são realizadas 1.230 partidas (30 x 82 ÷ 2). Mas não são todas as equipes que enfrentam determinados rivais o mesmo número de vezes ao longo da temporada regular.

As 3 principais regras que orientam a elaboração do calendário da temporada regular

Times de conferências diferentes se enfrentam 2 vezes

Cada conferência é composta por 15 franquias distribuídas em 3 divisões diferentes. Times de uma conferência sempre enfrentam apenas 2 vezes cada uma das franquias da outra conferência. Na temporada regular atual, por exemplo, Cleveland Cavaliers e Golden State Warriors já disputaram as duas partidas programadas, uma na Califórnia e a outra em Ohio. Portanto, 30 (2 x 15) dos 82 jogos que cada franquia faz são contra equipes da outra conferência.

Times da mesma divisão se enfrentam 4 vezes

Duas equipes que pertencem à mesma divisão sempre se enfrentam 4 vezes ao longo da temporada regular. Assim, cada franquia disputa 16 partidas (4 x 4) contra outras da mesma divisão. Apenas para exemplificar: New York Knicks e Philadelphia 76ers, que pertencem à Divisão do Atlântico, jogam 4 partidas entre si em todas as temporadas, duas nos domínios de cada franquia.




Times da mesma conferência, mas de divisões diferentes, podem disputar 4 ou 3 partidas entre si

Somando as 30 partidas contra franquias da outra conferência e as 16 partidas contra franquias da mesma divisão, temos um total de 46 partidas. Ou seja, restam 36 jogos para fechar o calendário da temporada regular que devem ser disputados contra as 10 franquias da mesma conferência, mas de divisões diferentes. Para resolver esta equação, a NBA estabeleceu a seguinte solução:

  • cada franquia realiza 4 partidas contra 6 franquias da mesma conferência, mas de divisões diferentes (6 x 4 = 24); e
  • cada franquia realiza 3 partidas contra as outras 4 franquias da mesma conferência , mas de divisões diferentes (3 x 4 = 12).

Um rodízio determina quais equipes da mesma conferência se enfrentarão apenas 3 vezes em cada temporada regular. Em 2015-16, por exemplo, o Phoenix Suns (Divisão do Pacífico) enfrentou só 3 vezes o Portland Trail Blazers (Divisão Noroeste), enquanto o Sacramento Kings (também da Divisão do Pacífico) jogará contra o Blazers em 4 oportunidades.

As franquias disputam duas partidas fora e uma em casa contra duas franquias da mesma conferência mas de divisões diferentes, e duas partidas em casa e uma fora contra as outras duas. Assim nenhuma franquia joga mais partidas em casa do que outras.

Resumo

Veja na tabela abaixo como se distribuem as 82 partidas que cada franquia disputa na temporada regular.

2 partidas contra franquias da outra conferência2 x 15 =30
4 partidas contra 6 franquias da mesma conferência, mas de divis›ões diferentes4 x 6 =24
4 partidas contra franquias da mesma divis‹ão4 x 4 =16
3 partidas contra 4 franquias da mesma conferência, mas de divisõ›es diferentes3 x 4 =12
TOTAL82

O autor do calendário da NBA

Este modelo adotado pela NBA na elaboração de seu calendário da temporada regular é obra de Matt Winick, que trabalhou na NBA durante 30 anos, entre 1976 e 2014. Durante 3 décadas Winick foi o responsável pela montagem um quebra-cabeças de 1.230 peças que tinha que atender a dezenas de variáveis, desde a disponibilidade das arenas onde cada jogo seria realizado, até a otimização das despesas com transporte e estadia das 30 franquias. Se uma peça não se encaixasse, todo o trabalho precisava ser recomeçado da estaca zero.