Search
  • Informação de bandeja sobre a NBA
  • por Rodrigo Enge
Search Menu

Chicago Bulls domina rebotes e derrota Boston Celtics em Massachusetts

Jimmy Butler (Bulls) enfrenta a marcação de Marcus Smart (Celtics) • Imagem: Maddie Meyer / Getty Images

Jimmy Butler (Bulls) enfrenta a marcação de Marcus Smart (Celtics) • Imagem: Maddie Meyer / Getty Images

Apenas 24 horas depois de receber a notícia do falecimento de sua irmã em um acidente de automóvel, Isaiah Thomas estava em quadra defendendo o Boston Celtics no jogo 1 contra o Chicago Bulls. Apesar de estar com o semblante apagado, o armador foi tão eficiente e essencial para o time de Massachusetts quanto ao longo da temporada regular.

Mas se Thomas não deixou os torcedores do Celtics na mão, seus companheiros de equipe não podem dizer o mesmo. O Bulls pegou 20 rebotes ofensivos e, apesar do baixo aproveitamento nos arremessos de quadra (42,9%), teve oportunidades suficientes para vencer por 106 a 102, neutralizando a vantagem do mando de quadra do adversário logo na primeira partida da série.

Celtics se superou negativamente

Entre todos os 16 times de estão disputando os playoffs, o Boston Celtics foi o que mais cedeu rebotes para seus oponentes durante a temporada regular (44,5). Mas, apesar de este já ser um traço conhecido da equipe comandada por Brad Stevens, o mandante conseguiu se superar em sua ineficiência.



O Chicago Bulls pegou 55 rebotes contra somente 36 do Celtics. Desde 29 de abril de 2003, num jogo 5 da 1ª rodada contra o Indiana Pacers que teve uma prorrogação, o Celtics não cedia tantos rebotes numa partida de playoffs.

Com 1,75m de altura, não dava para exigir que Isaiah Thomas pegasse mais do que os 5 rebotes que o armador conquistou, apenas dois a menos do que Al Horford (2,08m) e um a mais que Amir Johnson (2,06m) e Kelly Olynyk (2,13m).

O luto não impediu Thomas de também marcar 33 pontos e fazer 6 assistências.

Cesta e falta de Thomas

Horford ficou devendo rebotes, mas compensou no setor ofensivo marcando 19 pontos e fazendo 8 assistências.

Crossover de Horford em Mirotic

Horford infiltra e enterra

Ótima estreia de Portis em playoffs

Muitos arremessos desperdiçados e um festival de turnovers de ambas as equipes. Assim foi o 1º jogo entre Bulls e Celtics, que teve o placar empatado 14 vezes e 10 alternâncias na liderança.

O titular Nikola Mirotic foi o retrato da falta de pontaria do Bulls, convertendo apenas 1 dos 9 arremessos de quadra.

Para sorte do visitante, foi substituído por um Bobby Portis inspirado, que estreou nos playoffs da NBA marcando 19 pontos com 80% de aproveitamento nos arremessos de quadra (FG 8/10 • 3P 3/4), 9 rebotes, 3 assistências e 2 bloqueios.

Portis foi o jogador de maior índice plus/minus da partida (+12).

Bulls conta com 23 pontos de Butler no 2º tempo

Jimmy Butler foi o cestinha do Bulls com 30 pontos, 23 marcados apenas na 2ª metade da partida. O ala também pegou 9 rebotes, fez 3 assistências, um roubo de bola e um bloqueio.

Foi apenas a 3ª vez que Butler alcançou a marca das três dezenas de pontos em uma partida de playoffs, sendo que as duas anteriores foram em 2015.

Bulls e Celtics farão o jogo 2 amanhã, em Boston, com transmissão ao vivo da ESPN a partir das 21h.

Chicago Bulls 1 x 0 Boston Celtics