Search
  • Informação de bandeja sobre a NBA
  • por Rodrigo Enge
Search Menu

Celtics vence segunda partida em Chicago e empata série

Isaiah Thomas (Celtics) enfrenta a marcação de Nikola Mirotic e Robin Lopez (Imagem: Boston Globe / Getty Images)

Isaiah Thomas (Celtics) enfrenta a marcação de Nikola Mirotic e Robin Lopez (Imagem: Boston Globe / Getty Images)

Quatro partidas já foram disputadas na série entre Boston Celtics e Chicago Bulls, válida pela primeira rodada dos Playoffs 2017, e nenhuma das equipes conseguiu fazer valer seu mando de quadra até agora. Depois de ser derrotado em Boston duas vezes, o Celtics venceu os jogos realizados em Chicago com relativa facilidade. Fez 104 a 95 no time de Illinois no jogo 4 e voltou a ter a vantagem do mando de quadra.

Celtics construiu vantagem no 1º período

Enquanto o Chicago Bulls amassou o aro no começo da partida, o Boston Celtics aproveitava para construir a vantagem que manteve ao longo de toda a partida e que lhe garantiu a vitória.

O visitante terminou a 1ª etapa vencendo por 30 a 18 e, salvo por uma breve reação do Bulls na metade do 3ª período, manteve-se à frente no placar até o final do jogo.

Gerald Green começou como titular novamente e foi fundamental para o bom início de partida do Boston Celtics. Marcou 8 dos seus 18 pontos e pegou 5 dos seus 7 rebotes no 1º período.




Green foi o jogador que mais converteu bolas de 3 pontos na partida (3P 4/9) e protagonizou uma das enterradas mais enfáticas desta edição dos playoffs até agora (assista abaixo), uma de suas marcas registradas.

Apesar de ser conhecido como o rei do 4º período, Isaiah Thomas marcou mais pontos na primeira etapa da partida (10 pts) do que na última (7 pts). Saiu de quadra como cestinha, com 33 pontos (FG 10/21), 4 rebotes e 7 assistências.

Thomas marcou quase a metade dos seus pontos (16 pts) dentro do garrafão do Bulls, que foi incapaz de conter suas infiltrações.

Al Horford registrou seu maior número de rebotes (12) na série e marcou 15 pontos com 54,6% de aproveitamento nos arremessos de quadra.

Armação segue sendo problema para o Bulls

Fred Hoiberg escalou Jerian Grant (1 ast) como titular, fez uma tentativa com Michael Carter-Williams (1 ast) em alguns momentos, mas acabou encarregando Isaiah Canaan (13 pts, 2 reb, 3 ast) de armar o Chicago Bulls por quase 35 minutos.

Canaan de fato era a melhor opção para tentar segurar Isaiah Thomas, mas está longe de ser o armador ideal para um time que pretende ter viga longa nos playoffs.

Na prática, quem acabou construindo a maior parte das jogadas do mandante foi Jimmy Butler, que marcou 33 pontos (FG 7/16), pegou 5 rebotes e fez 9 assistências, seu novo recorde em playoffs.

RoLo protagoniza cena hilária e é “esquecido” no banco

No começo do 3º período, o tênis de Robin Lopez (8 pts, 7 reb) saiu de seu pé com a partida em jogo e foi jogado para fora da quadra por Jae Crowder (11 pts). RoLo não teve dúvidas: antes de recuperar o calçado, desamarrou o tênis do adversário em represália.

Inexplicavelmente, o pivô foi deixado pelo técnico Fred Hoiberg no banco de reservas durante todo o último período, quando o Celtics levou vantagem nos rebotes, especialmente os ofensivos (3 contra 1).

O jogo 5 será realizado em Boston, no dia 26/4, quarta-feira, partida que ainda não tem previsão de transmissão pela TV para o Brasil.

Boston Celtics 2 x 2 Chicago Bulls

error: Se quiser utilizar este conteúdo por favor entre em contato.