Search
  • Informação de bandeja sobre a NBA
  • por Rodrigo Enge
Search Menu

Celtics vence jogo 6 com facilidade e elimina Bulls em Chicago

Bradley Beal (Celtics) escapa do bloqueio de Robin Lopez para fazer a bandeja (Imagem: Boston Globe / Getty Images)

Bradley Beal (Celtics) escapa do bloqueio de Robin Lopez para fazer a bandeja (Imagem: Boston Globe / Getty Images)

A série entre Boston Celtics e Chicago Bulls começou em clima de tragédia, com a notícia do falecimento da irmã de Isaiah Thomas na véspera do jogo 1. Continuou com um desempenho surpreendente do time de Illinois, que, liderado por Rajon Rondo, venceu as duas primeiras partidas em Chicago. Mas terminou seguindo a lógica, com o 1º colocado na fase regular passeando sobre o time que só se classificou para os playoffs graças ao critério de desempate.




Celtics manteve escrita

As duas equipes já tinham se enfrentado em quatro oportunidades nos playoffs, sempre com final feliz para o Boston Celtics. E, mais uma vez, a história se repetiu. Ao vencer o jogo 6 por 105 a 83, o Celtics manteve-se invicto em todas as séries que disputou contra o Bulls na pós-temporada.

Ao todo, Celtics e Bulls já disputaram 23 partidas na pós-temporada, com 18 vitórias do time de Massachusetts.

Passeio no United Center

Foi melancólica e até certo ponto deprimente a forma como o Chicago Bulls disse adeus aos playoffs. Sua torcida fanática, que lotou o United Center durante toda temporada, sofreu com um time desorganizado no ataque e ineficiente na defesa.

Rajon Rondo, ainda com o polegar quebrado, assistiu o jogo no banco de reservas e viu os três jogadores que se revezaram na posição 1 (Isaiah Canaan, Michael Carter-Williams e Jerian Grant) distribuírem juntos somente 3 assistências durante toda a partida.

O Bulls teve aproveitamento de 39,1% nos arremessos de quadra (FG 32/81) e somente 21,1% nos 3 pontos (3P 4/19). Chegou a estar perdendo por 30 pontos de diferença e só teve dois jogadores pontuando em dígitos duplos: Jimmy Butler (23 pts, 7 reb, 3 stl) e Robin Lopez (10 pts, 5 reb).

Celtics converteu 16 bolas de 3 pontos

Pela primeira vez nesta pós-temporada, Avery Bradley marcou mais pontos que Isaiah Thomas. O ala-armador foi o cestinha do Celtics com 23 pontos (FG 9/12 • 3P 3/4), 5 rebotes e 3 assistências.

Thomas em alguns momentos parecia estar mais preocupado em irritar os adversários com o trash talk e comemorações enfáticas do que em jogar, principalmente depois que a vitória se tornou irreversível. Saiu de quadra com 12 pontos (FG 4/11 • 3P 1/7), 5 rebotes e 6 assistências.

Melhores lances do Celtics

Ao contrário do que aconteceu com o Bulls, todos os titulares do Celtics pontuaram em dígitos duplos, com destaque para Gerald Green (16 pts, 2 reb, 3 ast) e Al Horford (12 pts, 7 reb, 6 ast).

O visitante arremessou 39 bolas de fora do perímetro e na primeira metade da partida já tinha convertido 9 das 16 que acertou (3P 41%).

O Celtics receberá o Wizards amanhã, às 14:00, para o jogo 1 das semifinais, com transmissão ao vivo do SporTV.

#DATAHORATVVISITANTEPTSPTSMANDANTEOT
116/419:30ESPNChicago Bulls (1)106102Boston Celtics (0)--
218/421:00ESPNChicago Bulls (2)11197Boston Celtics (0)--
321/420:00ESPNBoston Celtics (1)10487Chicago Bulls (2)--
423/419:30SporTVBoston Celtics (2)10495Chicago Bulls (2)--
526/421:30SporTVChicago Bulls (2)97108Boston Celtics (3)--
628/421:00ESPNBoston Celtics (4)10583Chicago Bulls (2)
Boston Celtics 4 x 2 Chicago Bulls

error: Se quiser utilizar este conteúdo por favor entre em contato.