Search
  • Informação de bandeja sobre a NBA
  • por Rodrigo Enge
Search Menu

Celtics já é um dos “vencedores” do Draft 2017

Danny Ainge colherá os frutos no Draft 2017 de uma negociação feita em 2013 (Imagem: Tim Bradbury / Getty Images)

Danny Ainge colherá os frutos no Draft 2017 de uma negociação feita em 2013 (Imagem: Tim Bradbury / Getty Images)

O Draft 2017 só será realizado no dia 22 de junho, mas já se sabe há muito tempo que, por méritos próprios, o Boston Celtics terá uma grande vantagem no processo de seleção de calouros da NBA. Isto porque Danny Ainge, general manager da franquia, soube usar muito bem uma prática negocial que está à disposição de todos, mas nem sempre é utilizada com sabedoria.

Escolhas em draft futuros são largamente utilizadas na NBA como um importante ativo nas negociações de jogadores. É extremamente comum, por exemplo, a cessão de um ou mais jogadores em troca de escolhas em drafts dos anos seguintes.

Esta prática não é nova, vem sendo utilizada há décadas. Já gerou situações bastante curiosas e com potencial para mudar os destinos de mais de uma franquia e, em alguns casos, da própria NBA.




Um deles envolveu o New Orleans Jazz (atual Utah Jazz) e o Los Angeles Lakers nos anos 1970. Em 1976, o Jazz cedeu para a franquia californiana suas escolhas de primeira rodada nos drafts de 1977, 1978 e 1979, além de uma escolha de segunda rodada no draft de 1980. Em troca recebeu o ala-armador Gail Goodrich, uma escolha de segunda rodada no draft de 1977 e uma de primeira rodada em 1978.

Goodrich havia sido cinco vezes All-Star e peça importante no título do Lakers em 1972. Chegou ao Jazz com problemas no tendão de aquiles, aos 33 anos de idade, já no declínio da carreira, encerrada em 1979. Mesmo atuando ao lado de Pete Maravich, a dupla não conseguiu fazer do Jazz uma franquia competitiva.

De todas as escolhas recebidas pelo Los Angeles Lakers somente uma vingou. Mas vingou em grande estilo: Earving “Magic” Johnson foi selecionado na primeira escolha do Draft 1979 para se tornar um dos maiores ídolos em toda história da franquia, principal responsável pelo sucesso do Lakers nos anos 1980, quando conquistou cinco títulos.

Celtics colherá fruto plantado em 2013

No Draft 2017, recheado com muitos atletas promissores, várias franquias exercerão direitos de escolha recebidos em negociações já ocorridas.

Boston Celtics adquiriu o direito de trocar sua escolha com a do Brooklyn Nets quando negociou Kevin Garnett, Paul Pierce e Jason Terry em 2013.

Danny Ainge anteviu naquela época não apenas que a esta altura o Celtics seria um time mais forte do que o Nets, mas também que a franquia do Brooklyn tinha grandes chances de ser uma das piores da liga. E foi exatamente isso o que ocorreu.

Como o Nets realizou a pior campanha em 2016-17, o Celtics tem a maior probabilidade de ficar com a primeira escolha e, na pior das hipóteses, ficará com a quarta.

Ótimo negócio para quem realizou a quarta melhor campanha da NBA em 2016-17 e nem participaria do sorteio.

Condições que podem afetar a ordem do Draft 2017

Ao negociar trocas que envolvem escolhas em drafts futuros as franquias podem estabelecer condições para que elas sejam exercidas.

Algumas delas podem provocar uma grande reviravolta nas primeiras posições do Draft 2017 e, em tese, repercutir significativamente na dinâmica da NBA durante as próximas temporadas.

Lakers x Sixers

O Los Angeles Lakers precisa ficar com uma das três primeiras escolhas, caso contrário ela será automaticamente transferida para o Philadelphia 76ers. As chances de que a franquia californiana mantenha sua escolha são de 46,7%.

Pelicans x Kings

A negociação que levou DeMarcus Cousins para Louisiana pode fazer com que o Pelicans perca sua escolha de primeira rodada para o Sacramento Kings. O Pelicans precisa ser sorteado com uma das três primeiras escolhas para não perdê-la, algo muito difícil de ocorrer (probabilidade de apenas 4%).

Kings x BULLS x Sixers

Inevitavelmente o Sacramento Kings ficará com uma das dez primeiras escolhas da primeira rodada e assim não será obrigado a cedê-la para o Chicago Bulls. Neste caso, em contrapartida, a franquia de Illinois receberá a escolha de segunda rodada do Kings.

O Philadelphia 76ers tem o direito de trocar sua escolha com o Sacramento Kings. Mas isso não deve acontecer, já que a escolha original do Sixers deve ser mais alta, uma vez que a franquia da Pennsylvania fez pior campanha.

Sorteio do Draft 2017 será amanhã

As posições de cada uma das 14 franquias participantes do sorteio do Draft 2017 serão definidas amanhã, 16 de maio, em Nova Iorque, a partir das 21 horas pelo horário de Brasília. Não há previsão de transmissão do sorteio pela TV.

error: Se quiser utilizar este conteúdo por favor entre em contato.