Search
  • Informação de bandeja sobre a NBA
  • por Rodrigo Enge
Search Menu

Cavs precisa de 101 pontos do “Big Three” para derrotar Lakers

Kyrie Irving, o "caçula" do Big Three,  foi o cestinha do Cavs e da partida com 46 pontos (Imagem: Harry How / Getty Images)

Kyrie Irving, o “caçula” do Big Three,  foi o cestinha do Cavs e da partida com 46 pontos (Imagem: Harry How / Getty Images)

O Cleveland Cavaliers recheou seu banco de reservas com jogadores que seriam titulares em várias franquias, como Deron Williams e Kyle Korver. Mas continua extremamente dependente das três estrelas que estão reunidas em Ohio desde 2014. Prova disso foi a vitória apertada sobre o Los Angeles Lakers por 125 a 120, em que o Big Three precisou marcar mais de 80% dos pontos do Cavs para evitar um fiasco.

Ótimo teste para os jovens do Lakers

Los Angeles Lakers está aproveitando este final de temporada para dar mais minutos de quadra para seus jogadores mais jovens. Além de testá-los, também está garantindo que a equipe faça uma das piores campanhas da temporada e, consequentemente, mantendo sua escolha no Draft 2017.




Por isso, não era de se esperar que o atual campeão da NBA tivesse tantas dificuldades para superar o time californiano. Mas diante da boa atuação do quinteto titular do mandante, o Cleveland Cavaliers teve que suar muito para não amargar uma derrota das mais improváveis.

Todo os titulares do Lakers pontuaram em dígitos duplos, com destaque para Jordan Clarkson (19 pts, 6 ast), o calouro Brandon Ingram (18 pts, 6 reb) e D’Angelo Russell, que registrou a maior pontuação de sua carreira.

O armador marcou 40 pontos (FG 14/22) com 7 bolas de 3 pontos convertidas em 12 tentativas, fez 6 assistências e cometeu apenas um turnover em 41 minutos de quadra.

Além da grande atuação de D’Angelo Russell, o baixíssimo número de turnovers cometido pelo Lakers também foi responsável para a equipe brigar praticamente até o final da partida pela vitória.

A média de turnovers do Lakers nessa temporada é 13,9, mas ontem cometeu somente 5. Fazia quase dois anos que a equipe não cometia tão poucos turnovers em uma partida.

101 pontos do Big Three

Pela primeira vez desde que o Big Three do Cleveland Cavaliers foi formado seus integrantes superaram a barreira de 100 pontos em uma partida. Nenhum outro jogador do Cavs marcou mais do que 7 pontos.

Kyrie Irving registrou seu season high com 49 pontos (FG 15/21, 3P 6/10), LeBron James somou 34 pontos ao placar (6 rebotes e 7 assistências) e Kevin Love contribuiu com 21 pontos e 15 rebotes em quase 26 minutos de quadra.

Estratégia do Cavs quase se torna um fracasso absoluto

Na noite anterior o técnico Tyronn Lue poupou o Big Three na partida contra o Los Angeles Clippers e o Cavs sofreu a sua segunda pior derrota em 2016-17, perdendo por 30 pontos de diferença. Além disso, registrou sua menor pontuação na temporada (78 pontos).

Jogando com força total contra o Lakers, time que tem a 2ª pior campanha em toda NBA, o Cavs passou a maior parte do tempo atrás no placar. Perdeu a liderança no começo do 2º período e só a readquiriu na reta final do último quarto, vencido por 43 a 28.

Mesmo com as contratações de Derrick Williams, Kyle Korver e Deron Williams, o veterano LeBron James continua sendo o jogador do Cavs e o segundo de toda NBA que mais tempo permanece em quadra. Ontem precisou jogar durante quase 38 minutos.

Cleveland Cavaliers 46-23 (1º no Leste) Los Angeles Lakers 20-50 (15º no Oeste)

error: Se quiser utilizar este conteúdo por favor entre em contato.