Search
  • Informação de bandeja sobre a NBA
  • por Rodrigo Enge
Search Menu

Bobby Wanzer, um dos últimos campeões do Rochester Royals

Bobby Wanzer foi eleito All-Star 5 vezes consecutivas entre 1952 e 1956 (foto: twitter.com/SacramentoKings)

Bobby Wanzer foi eleito All-Star 5 vezes consecutivas entre 1952 e 1956 (foto: twitter.com/SacramentoKings)

Faleceu no último dia 23, aos 94 anos de idade, Robert Francis Wanzer, mais conhecido simplesmente como Bobby Wanzer. Ele era um dos poucos jogadores remanescentes do elenco do Rochester Royals campeão da NBA em 1951, único título conquistado na longa história da franquia, hoje estabelecida em Sacramento.

Wanzer começou sua carreira de jogador tardiamente, quando já tinha 27 anos de idade, defendendo o Royals na temporada 1948-49 da Basketball Association of America (BAA), antes mesmo do nascimento oficial da NBA. Medindo 1,83 m, ele sempre atuou como armador ou ala-armador durante as nove temporadas que defendeu a equipe de Rochester, no estado de Nova Iorque.

Ao lado de jogadores como Arnie Risen, Bob Davis e Jack Coleman, Wanzer conquistou o título da NBA de 1951 derrotando o New York Knicks nas finais por 4 a 3. Nas temporadas posteriores em que o Royals chegou à pós-temporada, sempre acabou eliminado pelo Fort Wayne Pistons (atual Detroit Pistons) ou pelo Minneapolis Lakers (atual Los Angeles Lakers).

Wanzer é "atropelado" por Connie Simmons nas Finais de 51 contra o Knicks

Wanzer é “atropelado” por Connie Simmons nas Finais de 51 contra o Knicks

Sua melhor temporada foi a imediatamente depois do título (1951-52), quando registrou médias de 15,7 pontos, 5 rebotes e 4 assistências por partida. Além disso, ele se tornou naquela temporada o primeiro jogador na história da NBA a obter aproveitamento nos lances livres superior a 90% (90,4%), feito que nunca mais conseguiu repetir.

Wanzer foi eleito All-Star em 1952, 1953, 1954, 1955 e até em 1956, ano em que o Royals foi a única das então nove franquias da NBA que não se classificou para os playoffs. Nas temporadas 1955-56 e 1956-57, Bobby acumulou as funções de jogador e treinador do Royals, com aproveitamento de 43,1% (31V-41) em ambas.

Em 1957 a franquia deixou Rochester e se transferiu para Cincinnati. Naquele mesmo ano Wanzer se aposentou como jogador e passou a trabalhar somente como técnico do Royals. Conduziu a equipe aos playoffs em 1957-58, mas foi varrido pelo Detroit Pistons logo na primeira rodada. Após um péssimo início na temporada 1958-59, ele deixou o comando do Cincinnati Royals e nunca mais voltou a trabalhar na NBA.

Em 1962, Bobby foi contratado como treinador da St. John Fisher College, universidade localizada em Rochester, onde trabalhou durante 24 temporadas.

Wanzer na St. John Fisher College

Wanzer na St. John Fisher College

Wanzer foi incluído no Hall da Fama em 1987, junto com lendas como Rick Barry, Pete Maravich e Walt Frazier.

A NBA homenageou Bobby Wanzer

Agora são apenas dois os jogadores remanescentes daquele time campeão de 1951 do Rochester Royals: Bill Calhoun, com 88 anos de idade, e Pep Saul, que está prestes a completar 92 anos.

RIP Wanzer.

error: Se quiser utilizar este conteúdo por favor entre em contato.