Search
  • Informação de bandeja sobre a NBA
  • por Rodrigo Enge
Search Menu

Atitudes de LeBron preocupam torcedores do Cavs

LeBron James marcou o 55º triplo-duplo de sua carreira no mesmo dia em que deixou de seguir o perfil do Cavs no Twitter

LeBron James marcou o 55º triplo-duplo de sua carreira no mesmo dia em que deixou de seguir o perfil do Cavs no Twitter

Todos sabem o que LeBron James representa para a NBA. Qualquer time que passe a contar conte com o seu talento, por mais inexpressivo que seja, se torna imediatamente um candidato ao título da liga. Basta ver o que ocorreu com o Cleveland Cavaliers, que sem LeBron em 2013-14 fez uma campanha negativa (33-49) e com LeBron na temporada seguinte chegou às finais. Mas o craque, que trocou a Flórida por seu estado natal em 2014, tem dado vários sinais de que pode fazer as malas no verão de 2016, causando pesadelos aos torcedores de Ohio.

No início do mês de março, LeBron aproveitou uma rara brecha no calendário alucinado da NBA para viajar até Miami. Lá, não apenas se encontrou com Dwyane Wade, como também treinou com o ex-companheiro de Miami Heat. Preferiu encarar uma longa viagem de avião em vez de passar tempo com seus filhos ou de treinar na franquia que paga seu salário, na cidade onde mora. Quando foi perguntado sobre a razão de ter agido assim, LeBron se limitou a responder “porque eu quis”.

Logo em seguida, LeBron publicou em sua conta oficial no Twitter uma série de mensagens que pareciam ser recados para alguém, a velha indireta tão manjada nas redes sociais. O menos enigmático de todos os tweets, talvez, seja esse:


É simples. Você não pode realizar um sonho se todos não estiverem sonhando com a mesma coisa todos os dias. Vira um pesadelo.James, LeBron

Parece muito claro que ele estava a se referindo ao elenco do Cleveland Cavaliers ou a algum companheiro de equipe em especial, mas a coisa ficou no ar, sem maiores esclarecimentos.

E ontem ocorreu outro episódio que está assustando ainda mais os torcedores do Cavs. Um usuário do Twitter, usando uma ferramenta chamada Does Follow, descobriu que LeBron simplesmente parou de seguir o perfil oficial do Cleveland Cavaliers na mídia social.


Horas mais tarde, depois de ser o principal destaque no Cavs na vitória sobre o Denver Nuggets por 124 a 91, anotando o 55º triplo-duplo de sua carreira (33 pontos, 11 rebotes e 11 assistências), LeBron ignorou o jornalista que lhe perguntou por que parou de seguir o Cavs no Twitter (segundo vídeo abaixo) respondendo apenas next question (próxima pergunta).

Ao não dar nenhuma explicação para sua atitude, parece que LeBron quer justamente ser alvo de especulações e boatos. Talvez tudo não passe de uma estratégia para ganhar espaço na mídia, que ultimamente tem sido dominada pelo Golden State Warriors e por Stephen Curry. Se for este o caso, de todo modo, é um jeito bem estranho de ganhar os holofotes, mesmo para o polêmico LeBron James.

LeBron pode se tornar free agent em julho

Os temores de que o astro possa deixar Cleveland novamente não fazem parte de uma simples teoria da conspiração. Além das recentes atitudes do atleta, há bons motivos para os torcedores do Cavs ficarem preocupados. O contrato de LeBron James com o Cleveland Cavaliers tem validade até o final da temporada 2016-17, mas pode ser rescindido unilateralmente pelo jogador em julho de 2016. Se LeBron exercer a chamada player option, ficará livre para assinar com qualquer uma das 30 franquia da liga, inclusive o próprio Cavs.

Some-se a este cenário tumultuado o fato de que o Cavs tem feito uma campanha bastante irregular, significativamente inferior às campanhas de Golden State Warriors e San Antonio Spurs, e está com a liderança na Conferência Leste ameaçada pelo Toronto Raptors. Além disso, o técnico Tyronn Lue, que substituiu David Blatt exatamente na metade da temporada 2015-16, está tendo performance inferior a de seu antecessor: 20 vitórias e 9 derrotas (68,7%) contra 30 vitórias e 11 derrotas de Blatt (73,2%).

Uma das teorias para a viagem a Miami, a sequência de tweets e o seu unfollow no Cavs é bem simples: LeBron teve papel determinante na troca de Blatt por Lue, que até agora não surtiu o efeito desejado e muito provavelmente não surtirá; percebendo que o navio do Cavs em 2015-16 está prestes a afundar, começou a transferir responsabilidades para os companheiros de equipe através de indiretas no Twitter e a dar sinais para o mercado de que pode muito bem mudar de ares em julho.

Com tudo isso, ao menos uma coisa está ficando cada vez mais clara para todo mundo: se LeBron pode ser um atalho para o título da NBA, também é sinônimo de instabilidade e desarmonia.

error: Se quiser utilizar este conteúdo por favor entre em contato.